Fora do CE pela 1ª vez em 101 anos, Clássico-Rei na Bahia quebra mais 2 marcas históricas

Há 20 anos, o Ceará e Fortaleza não se enfrentam fora da Capital cearense; também há 18 anos não fazem jogo único eliminatório

Legenda: Clássico-Rei decidirá vaga na final da Copa do Nordeste
Foto: Felipe Santos/Cearasc.com

Quem diria que um dia o torcedor alvinegro e tricolor acompanhariam uma partida entre Ceará e Fortaleza ocorrida fora do Estado? Só mesmo uma pandemia como a do novo coronavírus, que mudou muitos cenários na sociedade, poderia provocar uma situação como esta.

Mas não é ilusão. Ceará e Fortaleza vão jogar e decidir uma vaga na final da Copa do Nordeste fora do território cearense. É a primeira partida oficial em "outra casa" em toda a história das duas agremiações centenárias. Só de Clássico-Rei são 101 anos de rivalidade.

Horário, a data do jogo e o estádio que terá a honra de receber a maior partida de futebol do Estado do Ceará ainda serão revelados pela CBF.

Além dessa marca inédita, outras dois recordes serão quebrados com o Clássico-Rei em Salvador. Há 20 anos, o Clássico-Rei não acontece fora da cidade de Fortaleza. Em 2000, os dois clubes decidiram o Campeonato Cearense na cidade de Sobral, a 220 km de da capital cearense. Título vencido pelo Tricolor, com gol histórico de Daniel Frasson.

Outra marca importante que este jogo irá quebrar diz respeito ao formato das competições. Depois de 18 anos, os clubes farão um jogo único e eliminatório. Deste período para cá, até fizeram finais de turnos, mas com os campeonatos continuando em seguida para uma posterior decisão em 2 jogos.

Mas agora, será jogo único, tal como aconteceu em 2002, quando o Vovô empatou em 1 a 1 contra o maior rival e levantou o Campeonato Cearense daquele ano. Mota foi  autor do gol do título alvinegro.

Você tem interesse em receber mais conteúdo de esporte?