Felipe Pires e Nenê Bonilha são apresentados no Fortaleza; Bonilha ainda não está regularizado

O atacante já estreou com a camisa tricolor enquanto o meio campista espera para vestir novamente o manto, como fez em 2018

Legenda: Felipe Pires deve disputar posição com Edinho, na ponta, enquanto Bonilha briga contra Felipe e Juninho
Foto: Foto: Marcos Matheus

O Fortaleza apresentou oficialmente, nesta quarta-feira (31), dois reforços para o restante da Série A do Brasileirão. Felipe Pires chega por empréstimo do Palmeiras enquanto Nenê Bonilha foi adquirido do Tiburones Rojos, do México, com contrato até o fim de 2020. Caso o meia não seja regularizado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF até 18h30 da sexta-feira (2), não poderá ser relacionado para o Clássico-Rei do sábado (3). Porém, o atleta não esconde sua satisfação em voltar ao clube onde conquistou a Série B do Campeonato Brasileiro no ano passado.

"Surgiram muitas consultas, muitas conversas, mas quando eu soube que poderia voltar para cá, não precisei ouvir mais ninguém. Aqui é a minha casa", declarou Bonilha. No Leão do Pici, deve disputar posição com Juninho e Felipe. Durante a apresentação, mostrou confiança para ter seu espaço na equipe. "São jogadores de qualidade. A hora que eu tiver a minha oportunidade vou tentar aproveitar da melhor maneira possível. Nos treinamentos já estou dando o meu máximo", disse o volante.

Por outro lado, Felipe Pires já estreou pelo Tricolor na derrota contra o Corinthians, neste domingo (28), por 3 a 1, quando entrou no lugar de Roger Carvalho. Na apresentação, comentou que sua estreia não foi como imaginava, mas elogiou a estrutura do Fortaleza.

"Não foi o que eu esperava, joguei pouco tempo. Mas vou continuar trabalhando pra ganhar mais minutos. O Fortaleza é um grande time no Nordeste. Estrutura muito boa. Se não tivesse, eu não teria vindo. É um projeto muito bom. Um dos melhores clubes aqui no Ceará, senão o maior hoje em dia. Surgiram propostas de outros times, mas optei pelo Fortaleza. Meu sonho era jogar um Brasileiro. Não tive muitas oportunidades no Palmeiras então por isso vim pro Fortaleza porque vi que era uma grande oportunidade pra mostrar meu futebol", falou o recém-chegado.

O camisa 95 do Leão deve brigar por vaga com Edinho. Ambos atuam pela ponta direita, região explorada pelo jovem de 24 anos contra o Timão. Porém, Pires disse estar pronto para ajudar Ceni como precisar, de acordo com sua maneira de jogar. 

"Gosto de jogar onde o treinador colocar. Onde o Rogério precisar, vou ajudar. Se ele optar por mim, estarei preparado. Minha característica é a velocidade. Sempre procurar o 1 contra 1, dar profundidade, driblar", contou o atacante. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte