Eriksen treina com bola em clube da Dinamarca após 173 dias da parada cardíaca

O atleta tem contrato com a Internazionale, mas não pode atuar na Itália

Christian Eriksen em ação pela Dinamarca
Legenda: A última partida de Christian Eriksen foi pela Seleção da Dinamarca, na Eurocopa de 2021
Foto: Friedemann Vogel / AFP

O meia Christian Eriksen voltou a fazer leves trabalhos físicos com bola nesta quinta-feira (2). O meia da Dinamarca sofreu uma parada cardíaca quando defendia seu país diante da Finlândia, na Eurocopa, há quase seis meses, e desde então faz tratamento. Por conta própria, acompanhado de um personal trainer, o jogador foi ao campo do Odense Boldklub, no qual iniciou a carreira e que fica perto de sua residência, para os primeiros "treinos", 173 dias após ser ressuscitado no gramado.

Aos 29 anos, o meia sonha em retornar aos gramados. No momento, possui contrato com o Internazionale-ITA, mas é improvável que siga na Itália. A federação italiana proíbe atletas que tenham cardioversor desfibrilador implantável (CDI), um marca-passo, de atuarem nas respectivas ligas nacionais.

"Eriksen entrou em contato conosco e agora está treinando sozinho", admitiu Michael Hemmingsen, diretor do Odense Boldklub "É natural para ele, uma vez que jogou aqui na juventude e mora virando a esquina. Estamos muito felizes", completou.

O vínculo na Internazionale é até 2024 - a expectativa é de uma rescisão em comum acordo. Além de não poder atuar na Itália, o jogador poderia retomar a vida em um novo centro esportivo caso tenha o aval dos médicos.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados