Elas no Esporte: confira podcast com Renata Silveira, primeira narradora da história da Globo

A narradora da Globo escreveu a história como a primeira narradora da emissora

Legenda: Renata Silveira é, atualmente, narradora esportiva da Rede Globo
Foto: Arquivo Pessoal / Renata Silveira

Aos poucos nós vamos conquistando espaço, pela competência, pelo o “outro” olhar que às vezes os homens não conseguem enxergar, até porque no futebol tem espaço para todo mundo, não basta só saber regras, conhecer jogadores é preciso se apaixonar. Impor a voz, dando opinião, ou nas reportagens, apresentando... pede responsabilidade e chegar no ponto máximo de uma narração esportiva é sinônimo de “quebra de barreiras” e coragem.

Ouça o podcast Elas no Esporte com Renata Silveira

Powered by RedCircle

E coragem não faltou para Renata Silveira, atualmente narradora da Globo. Educadora Física por formação e especialista em Jornalismo Esportivo, em 2014 num ato de ousadia, decidiu participar de um concurso da Rádio Globo, a “Garota da Voz”, o grande detalhe, era que na época Renata nunca tinha narrado uma partida de futebol. “Eu nunca tinha narrado nada na vida, mas aceitei o desafio eu sempre tive muita vontade de trabalhar na TV, eu trabalhava com dança, na verdade ainda trabalho. Esse foi o concurso que eu vi como uma boa oportunidade, na rádio globo”, comenta Renata.

No momento, um misto de sentimentos e muito apoio dos amigos, a voz forte de Renata ficou entre as 20 melhores, das 80 participantes. A partir daí, ascendeu aquela “luz”: serei narradora de futebol!!! Venceu o concurso e como prêmio Renata narrou dois jogos na Copa do Mundo daquele ano: Uruguai 1 x 3 Costa Rica e Croácia 1 x 3 México.Sem muita experiência, o álbum de figurinhas contribuiu para identificar os jogadores.

“Croácia e México eu tô rindo ainda só de lembrar, o narrador passou mal e me ligaram para fazer esse jogo perguntaram se eu podia fazer o jogo eu disse "claro.. posso narrar" tô indo pra ir, liguei pro meu pai me levar pra globo meu álbum de figurinha, com as fotos dos jogadores e fui”, concluiu.

Legenda: Renata narrou jogos da Copa do Mundo de 2018
Foto: Arquivo Pessoal / Renata Silveira

Situações inesperadas que encaminharam a Renata para a história da narração feminina. Antes de ser pioneira na Globo, ela soltou o “gogó”, na Fox Sports, na Copa do Mundo de 2018. Renata foi voz no Brasil 1x1 Suíça, no Brasil 1x2 Bélgica, além da grande França 4x2 Croácia.

Já na Globo, a estreia foi uma goleada que até hoje a torcida do Botafogo comemora, “o dia foi 10 de Março, o Botafogo aplicou 5 a 0 contra o Moto Club, jogo da Copa do Brasil. Eu tava nervosa, no dia antes da partida, fui para um SPA, depois tomei um banho de mar, queria relaxar e deu certo. A torcida do Botafogo me apoiou, até hoje comenta sobre a partida”, concluiu.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte