Cearense, Caio Vidal marca gol no Castelão, lembra família humilde e se emociona: "um sonho"

Atacante abriu o placar na vitória do Internacional contra o Ceará nesta quinta-feira (7)

Legenda: Caio Vidal é natural da Barra do Ceará, em Fortaleza, e tem multa de 50 milhões de euros
Foto: Thiago Gadelha / SVM

A partida entre Ceará e Internacional nesta quinta-feira (7) foi especial para um personagem no campo: Caio Vidal. Natural da Barra do Ceará, em Fortaleza, o atacante do time gaúcho teve oportunidade de começar o jogo e abriu o placar na vitória colorada por 2 a 0 - sendo também o primeiro tento dele pelo clube. Em entrevista, o atleta de 20 anos relembrou a família humilde e o pai falecido, que era torcedor do arquirrival Fortaleza.

"É muito importante (o gol). Um tempo atrás eu estava aqui nesse estádio assistindo Fortaleza e Ceará com meu pai, que hoje está no céu. Ele era Fortaleza 'doente', hoje ele está gritando lá (no céu), e minha mãe, que é uma guerreira. Criou quatro filhos, tinha um que não era dela, e ela criava também. Trabalhava em barraca lá na Barra do Ceará, eu sou da Barra. Guerreira, sofredora como eu, que estou realizando um sonho. Não podia ser difetente, na minha cidade, no Castelão, o meu primeiro gol pelo Internacional. Quero dedicar esse gol para ela e toda minha família", declarou.

Na véspera do confronto, o cearense teve oportunidade de rever parentes como a própria mãe, Marinete Vidal. "Ontem de noite estava com a família. Querendo ou não, sair do Ceará para chegar no Sul, com muita dificuldade, realizar o sonho da minha mãe, então quero deixar um recado: rapaizada, acredita, o sonho de vocês está logo aí", completou.

Legenda: O técnico Abel Braga apostou em Caio Vidal no duelo na Arena Castelão
Foto: Thiago Gadelha / SVM

A chegada ao Internacional ocorreu em 2019, após participação na Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Porto/PE. Com contrato até o final de 2022, registra multa rescisória de 50 milhões de euros. Caio destacou também a confiança do técnico Abel Braga antes da bola rolar.

"Ele falou que era o momento, se a gente quisesse brigar pelo título. Agora estamos em segundo (na Série A). Ele me deu moral: 'aqui na tua cidade, agarra a oportunidade e seja feliz'. O professor Abel é um cara sensacional, olho no olho, sou muit grato", comentou.

Com o resultado, o Inter subiu para 50 pontos, alcançando a 2ª posição. O Ceará caiu para 11º, agora com 36.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte