Ceará entrará com representação contra arbitragem após expulsão de Gabriel Dias, garante presidente

Pelo cartão vermelho, o lateral-direito desfalcará o Vovô no primeiro jogo da final da Copa do Nordeste

Gabriel Dias e Lima reclamam com arbitragem por expulsão
Legenda: Gabriel Dias tentou argumentar para não ser expulso, mas arbitragem manteve decisão
Foto: Thiago Gadelha/SVM

O triunfo do Ceará por 2 a 0 sobre o Vitória, na tarde deste sábado (24), colocou o Vovô novamente na final da Copa do Nordeste. Motivo de muita celebração entre os alvinegros. Porém, um lance já na reta final do jogo causou revolta entre jogadores, comissão técnica, torcedores e diretoria: a expulsão do lateral-direito Gabriel Dias.

Após a partida, o presidente Robinson de Castro utilizou as redes sociais para afirmar que o clube entrará com representação na CBF contra a arbitragem da partida.

Em decorrência da expulsão, o Ceará não poderá contar com Gabriel Dias no primeiro jogo da final da Copa do Nordeste. Desfalque considerável, já que o camisa 94 tem sido peça muito importante para o técnico Guto Ferreira.

O LANCE

Gabriel Dias recebendo cartão vermelho do árbitro
Legenda: Gabriel Dias fica sem acreditar quando recebe o cartão vermelho
Foto: Thiago Gadelha/SVM

Após dividida de bola na linha de fundo, o jogador do Ceará caiu e se chocou com Wesley, do Vitória. Lance absolutamente normal, em contato de jogo. Porém, o árbitro de vídeo, Wagner Reway, considerou agressão em razão de o pé do lateral ter atingido o rosto do jogador do time baiano e recomendou a revisão de Zandick Gondim Alves Junior no monitor.

Leia também

Ao consultar e rever o lance por mais de dois minutos, o árbitro de campo deu cartão vermelho, o que revoltou o jogador do Ceará, que esbravejou contra a arbitragem e tentou argumentar, mas foi em vão, já que a decisão foi mantida. 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte