Bruna Alexandre conquista medalha de prata no tênis de mesa da Paralimpíada de Tóquio

A atleta foi superada na final pela australiana Qian Yang por 3 sets a 1

Bruna Alexandre comemora medalha na Paralimpíada
Legenda: Bruna Alexandre melhorou o desempenho individual nas Paralimpíadas até a conquista da prata
Foto: Rogério Capela / CPB

O brasileiro Bruna Alexandre conquistou a medalha de prata no tênis de messa classe 10 nas Paralimpíadas de Tóquio. Nesta segunda-feira (30), o atleta foi superada na final pela australiana Qian Yang por 3 sets a 1, com as parciais de 13/11, 6/11, 11/7 e 11/9.

Essa é a melhor campanha paralímpica da brasileira, de 26 anos, que leva a medalha prateada para casa. No desempenho, ela foi a 5ª colocada em Londres-2012. Na sequência, no Rio de Janeiro, em 2016, Bruna conquistou o bronze. Cinco anos depois, disputou uma final muito equilibrada e saiu com a prata.

Além do bronze no individual nas Paralimpíadas de 2016, ela conquistou outra medalha por duplas, também de bronze. Em seu acervo de conquistas, a brasileira acumula um bronze no individual e por equipes no Mundial da China 2014.

Brasil na Paralimpíada

A prata de Bruna é a segunda medalha do tênis de mesa do Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio, pois Cátia Oliveira foi bronze na disputa das classes 1 e 2, para atletas cadeirantes. Agora o Brasil passa a somar 32 medalhas em Tóquio. São 11 ouros, 6 pratas e 15 bronzes.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte