"Até preferimos. Mais descansamos do que treinamos", diz W. Paulista sobre jogar 2 vezes por semana

Atacante não atuou na derrota para o Palmeiras por suspensão automática

Legenda: Wellington Paulista falou em coletiva nesta segunda-feira (23)
Foto: Foto: Ivan Bezerra

Centroavante titular do Fortaleza, Wellington Paulista não jogou na derrota por 1 a 0 para o Palmeiras neste domingo (22), na Arena Castelão. O atleta cumpriu suspensão pelo 3º cartão amarelo no Brasileirão. Apesar de não ter sido relacionado, o jogador afirma que assistir seus companheiros perderem foi desgastante também para ele.

"A derrota machuca. Até pra quem não joga, desgasta. E essa impotência de não estar em campo e não poder ajudar. De uma forma ou de outra, queria ajudar meus companheiros. Só torcer é ruim demais", disse Wellington sobre o resultado.

A partir do 2º turno do Campeonato, os jogos também acontecem no meio da semana. Para o jogador tricolor, o número maior de partidas não é problema, mas sim algo positivo para os atletas.

"O bom de quarta e domingo é se você perde no fim de semana, já pode ter uma resposta logo na quarta ou quinta. A gente até prefere porque jogamos bastante e mais descansamos do que treinamos, na verdade. Fazemos menos treino físico, que é desgastante demais pra nós. E a gente vai conversando, se entrosando ainda mais. Não tem muito o que treinar, é mais ajuste. Conseguimos nos adequar mais rápido ao time que vem jogando", revelou o artilheiro do Leão.

Contra o Athletico/PR

O próximo adversário do Tricolor cearense é o Athletico/PR, na quinta-feira (26), às 21h30, na Arena da Baixada. Wellington acredita que a pressão por uma vitória, que não vem há 3 jogos, não atrapalha o Fortaleza pelo retrospecto positivo em jogos como visitante.

"O Athletico tá vivendo um bom momento. É muito forte na Arena da Baixada. Como o Santos é favorito dentro de casa. São times que tem uma força muito grande dentro de casa e buscamos ser equilibrados. Vamos em busca da vitória em Curitiba também"

O Furacão foi campeão da Copa do Brasil sobre o Internacional na quarta-feira (18), com a expectativa de muita festa para o confronto contra o Leão, primeiro jogo na Baixada depois do título. 

"É uma atmosfera diferente do jogo da Copa do Brasil. Pode ser diferente porque é o 1º jogo em casa depois do título. Não sei como eles e a torcida vão reagir, como estarão em campo. Mas temos que aproveitar nosso fator positivo fora de casa. Marcar bem, fechar as linhas de passe e achar o contra-ataque, bola parada. É uma equipe que nos coloca no campo defensivo. A gente sabe que vamos correr muito. Temos que achar uma bola de transição para marcar o gol", falou o camisa 9.

Autor do gol da vitória por 2 a 1 na última partida entre ambos no Brasileirão, Wellington relembrou a partida no Castelão.

"Momento muito bom. O Rogério mesclava a equipe, colocar um e tirar outro, descansar os jogadores. Entrei no 2º tempo e consegui ajudar com o gol da vitória. É relembrar aquele momento bom que passamos e tentar transportar pra dentro do campo", lembrou o atacante.