Artilheiro do Brasil, Ciel comemora boa fase no Caucaia: "me sinto melhor hoje do que há 10 anos"

Atacante da Raposa tem seis gols em 2021 e celebra liderança no Cearense

Legenda: Ciel tem 38 anos e é titular do Caucaia
Foto: Kid Júnior

A idade no futebol não significa, necessariamente, menor qualidade dos atletas mais velhos. Para certos jogadores, o tempo apenas ajuda. É o caso de Ciel, atacante do Caucaia e artilheiro do Brasil em 2021, com seis gols, ao lado de Diego Rosa, do Manaus.

Aos 38 anos, o experiente jogador marcou seis vezes em quatro partidas neste Campeonato Cearense, liderado pela Raposa metropolitana. Em entrevista ao GloboEsporte.com, o camisa 99 comemorou a ótima fase e afirmou que se sente melhor hoje do que há muitos anos.

"Fico muito feliz e não sabia dessa questão da artilharia. Mas posso falar que me preparei muito para ajudar dentro de campo. Eu me cuido bastante, faço um trabalho de prevenção, me alimento bem e tenho um sono adequado. Digo que, com toda certeza, me sinto bem melhor hoje que há 10 anos. Além disso, conto muito com a ajuda dos meus companheiros dentro de campo. Com a experiência vindo, você aprende os ‘atalhos’ do campo. Hoje eu trabalho em um espaço mais específico e venho marcando gols. Espero continuar assim", declarou o atacante.

Artilheiro pelo 3º ano seguido da Fares Lopes, com 10 gols, Ciel chegou à final em 2020, mas perdeu para o Ferroviário. 

O Caucaia ganhou o reforço de Magno Alves, de 45 anos, formando uma dupla de ataque dos sonhos do futebol cearense. A equipe já está classificada para a 2ª fase do Estadual e almeja conquistar o título da fase inicial para garantir vaga na Copa do Brasil 2022.

Em 2021, o clube ainda vai disputar a Série D do Campeonato Brasileiro, oportunidade aguardada por Ciel para continuar marcando, dessa vez em um nível maior.

"Nesses últimos anos, por conta da minha mudança de característica e por jogar mais próximo do gol, venho marcando bastante. Marquei 23 gols na temporada de 2019 (3 pelo ASA e 20 pelo Caucaia) e já estou com 16 agora. Se possível, seria legal ultrapassar essa marca, mas o meu objetivo principal será sempre o de ajudar o Caucaia a conquistar as vitórias", ressaltou o camisa 99.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte