Guaidó pede ação internacional e diz que Maduro ultrapassou "linhas vermelhas"

Do lado de Nicolás Maduro, o presidente da Assembleia Constituinte advertiu os países para que não se intrometam nos assuntos internos venezuelanos