Repórter é mordida por pitbull durante cobertura do caso Lázaro Barbosa, em Goiás

Jornalista afirmou ter tomado vacinas antitetântica e antirrábica após o incidente

Jornalista do SBT vestindo casaco azul durante cobertura do caso Lázaro, antes de ser mordida por pitbull
Legenda: Vanessa Vitória relatou o ocorrido no Instagram ainda na última sexta (25)
Foto: reprodução/Instagram

A jornalista Vanessa Vitória, do SBT, foi mordida por um cachorro da raça pitbull durante gravação de reportagem sobre o caso Lázaro Barbosa. O caso ocorreu na última sexta-feira (25), em Cocalzinho de Goiás (GO). O fugitivo foi morto na manhã desta segunda-feira (28).

A repórter afirmou, nas redes sociais, que tanto ela quanto o cão, chamado Brandon, estão bem, destacando que o animal estava preso. "Eu e a tutora dele não imaginávamos que ele poderia arrebentar a corda", explicou ela, acrescentando que o grupo agiu rápido após o avanço do cachorro. "Tirei o dente dele da minha perna e o filho dela [tutora de Brandon] puxou ele para trás!"

Captura de tela de postagem de Vanessa fazendo videochamada com família tutora de pitbull
Legenda: Jornalista publicou registro de videochamada feita com família tutora do animal
Foto: reprodução/Instagram

Os primeiros socorros foram prestados no local pela família responsável pelo cachorro, informou a jornalista. "São pessoas de um coração gigante, como muitos lá em Girassol. Eu já tinha ido à casa da família usar o banheiro em outra ocasião! Fiz amizade com todos lá", comentou, dizendo fazer videochamada com os novos conhecidos diariamente. 

A repórter informou, também, que tomou as vacinas antirrábica e antitetânica após o incidente. "Estamos monitorando a saúde dele todos os dias, por 10 dias, para saber se vou precisar tomar mais doses de antirrábica", pontuou.

Morte de Lázaro

Lázaro Barbosa, 32 anos, foi morto após confronto com policiais na manhã desta segunda, após ser encontrado na região do bairro de Itamaracá, em Águas Lindas de Goiás. O governador goiano, Ronaldo Caiado, chegou a divulgar a captura do criminoso antes de a informação sobre a morte ser confirmada.

O foragido foi visto por moradores da região na noite desse domingo (27), e um cerco foi montado pela força-tarefa de agentes de segurança para prendê-lo. 

Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes na Bahia e em Goiás. Ele também é suspeito de ter matado quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil

Assuntos Relacionados