Irmã de Rafael Miguel desabafa sobre prisão do assassino do ator e dos pais

"Sinto a eterna ansiedade e taquicardia de revisitar memórias", diz Camila Miguel

Ator ficou conhecido por publicidades e atuação em novelas como
Legenda: Ator ficou conhecido por publicidades e atuação em novelas como "Chiquititas"
Foto: Reprodução/YouTube

Camila Miguel, irmã do ator Rafael Miguel, usou as redes sociais para falar sobre a prisão de Paulo Cupertino Matias, acusado de matar o jovem ator e os pais em 2019. Cupertino não aceitava o namoro da filha dele, Isabela Tibcherani, com o garoto.

"Estou sendo inundada de mensagens por aqui de muitos que há muito tempo se revoltam pela situação que destruiu nossa família", iniciou Camila Miguel em stories do Instagram.

Veja texto da irmã do ator Rafael Miguel:

Em seguida, ela falou dos atos que passou por conta das ações de Paulo Cupertino. "Destruiu nossos laços, segurança, confiança. Uma destruição para muito além da morte em si. Quero agradecer as mensagens principalmente por carregarem entusiasmo e alívio, e tentarem, pelo menos um pouco, transmitir isso para mim", começou ela.

Apesar da prisão de Cupertino, Camila Miguel declarou não criar expectativas com a detenção do homem que matou os familiares, pois passou três anos se frustrando e "tendo quase nenhuma notícia de nada".

"Um vazio de sentimentos que não pende pra nenhum lado. No máximo sinto a eterna ansiedade e taquicardia de revisitar memórias e ver imagens que eu não gosto de ver", escreveu a irmã do ator.
Por fim, ela fala sobre proteger a família após a prisão de Cupertino. "Eu não quero ficar pensando nos outros, ainda mais quando o outro é ruim, destruidor, e não tem nenhuma ligação comigo. Eu quero proteger e levar minha família longe, deixar ela viver sem definir quem somos e quem seremos pela crueldade do outro e sim nos definir pelo legado que meus pais e meu irmão deixaram pelos anos que convivemos juntos".

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil