Navio Ever Given se dirige novamente à Ásia após bloquear Canal de Suez

Cargueiro de 220 mil toneladas partiu rumo à China

navio ever given
Legenda: Navio voltou a navegar no último dia 7 de julho
Foto: Mahmoud Khaled/AFP

Cinco meses depois de provocar a interrupção do tráfego no Canal de Suez, rota fundamental entre os continentes europeu e asiático, o navio Ever Given se dirige de novo à Ásia. A embarcação porta-contêineres conseguiu "atravessar com sucesso" o trecho nessa sexta-feira (20). 

De acordo com o chefe da Autoridade do Canal de Suez, Osama Rabie, o cargueiro veio do Reino Unido com destino à China. 

Rabie afirmou que a passagem do gigantesco cargueiro foi monitorada por veteranos guias especialistas do órgão. 

Bloqueio

O encalhamento do Ever Given, em 23 de março durante uma tempestade de areia, provocou grandes engarrafamentos de navios e muitos atrasos nas entregas de petróleo e outros produtos comerciais.

Com mais de 220 mil toneladas, o navio se dirigia a Roterdã procedente da Ásia, encalhou e ficou atravessado e bloqueado no trecho sul do Canal de Suez.

A operação para conseguir desencalhar o navio durou seis dias.

Os especialistas citaram os ventos fortes como uma das causas do incidente deste navio de 60 metros de altura e 400 metros de comprimento.

O encalhe do navio chegou a afetar em cerca de 12% o comércio mundial e causou reflexos no Ceará. Associada a outros problemas causados pela pandemia, a situação deve onerar o custo do frete marítimo, podendo elevar o preço de produtos transportados em navios, desde combustíveis a frutas.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo

Assuntos Relacionados