Cisne Branco, navio da Marinha do Brasil, bate em ponte de pedestres no Equador

Embarcação tentava manobrar quando colidiu no equipamento, que liga um pequeno povoado ao continente

Navio cisne branco após colisão com ponte no equador
Legenda: Marinha do Equador afirmou que colocou protocolo de emergência em curso após a colisão
Foto: Fernando Méndez / AFP

O Cisne Branco, embarcação da Marinha do Brasil (MB), colidiu com uma ponte de pedestres próxima à cidade de Guyaquil, no Equador, nesta segunda-feira (18), por volta das 15h (horário de Brasília) O barco brasileiro tentava manobrar para zarpar no Rio Guyas. Não houve acidente de pessoal da corporação.

De acordo com nota oficial divulgada MB, a embarcação foi "possivelmente levada pela correnteza". Conforme o texto, um rebocador local, que apoiava o navio, emborcou durante a tentativa de passagem da ponte. 

Veja vídeo do acidente:

Por meio do Twitter, Ricardo Salles, ex-ministro do Meio Ambiente, publicou vídeo e comentou o acidente: "Nossa admiração e respeito à tripulação! Esperamos que todos estejam bem".

Imagem de estrutura do navio brasileiro cisne branco danificada após colisão com ponte no equador
Legenda: Parte do navio brasileiro ficou danificada
Foto: Fernando Méndez / AFP

Imagens feitas pela AFP mostram que parte da estrutura do Cisne Branco ficou danificada. A Marinha brasileira informou que apura as circunstâncias da ocorrência. 

A ponte, que também tem uma passagem para navios, possui uma ligação para pedestres passarem entre o continente e a Ilha Santay, área de mata protegida onde moram poucas pessoas. 

Avaliação de danos

A MB disse, em nota, que o Navio-Veleiro Cisne Branco está "fundeado em segurança" após o acidente, e aguarda disponibilidade de cais para atracar em Guyaquil.

Lá, serão avaliadas as condições do equipamento de forma mais detalhada. Órgão pontuou que tanto as autoridades locais da cidade quanto a Marinha do Equador prestam "total apoio ao nosso Cisne Branco".

Cisne Branco 

O Cisne Branco é um navio que "exerce funções diplomáticas e de relações públicas", segundo a MB.

"A sua missão é representar o Brasil em eventos náuticos nacionais e internacionais, divulgar a mentalidade marítima e preservar as tradições navais", pontua o órgão na descrição da embarcação.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo