Nasa divulga resultado de primeiro cálculo do tamanho do núcleo de Marte

Núcleo do planeta é maior que o estimado por cientistas e tem cerca de metade do tamanho do núcleo da Terra

foto
Legenda: Foto de Marte registra pelo robô Perseverance, da Nasa
Foto: NASA/AFP

A Agência Espacial estadunidense, Nasa, anunciou o tamanho do núcleo de Marte na 52ª Conferência Lunar e Planetária de Ciência, na última quinta-feira (18). O cálculo foi feito, pela primeira vez, pela sonda InSight, que pousou no planeta em 2018.

O tamanho estimado varia entre 1.810 e e 1.860 km, segundo o portal de exploração espacial Space. Isso equivale a metade do tamanho do raio da Terra - 4.620 quilômetros. Um primeiro cálculo havia chegado ao intervalo de 1.780 a 2.080 quilômetros. 

Durante a conferência, o autor do estudo, Simon Stahler, ressaltou que a o resultado do cálculo ainda não é definitivo. "Isso é uma estimativa preliminar que não é algo sobre o que você deveria construir o seu próprio modelo, mas pelo menos é onde estamos chegando", afirmou.

Até então, os cientistas estimavam que o núcleo de marte tinha cerca de 1.500 quilômetros.

O cálculo é feito a partir da medição da atividade sísmica a certa distância da sonda. As ondas sísmicas atingem o instrumento da InSight a partir da fronteira, onde o núcleo e o manto de Marte se encontram. 

O objetivo dos cientistas é observar pelo menos 10 eventos de atividade sísmica, segundo Stahler. Até o momento, apenas três sinais foram confirmados para os cálculos. 

Sondas em Marte

A sona InSight posou em Marte em 26 de novembro de 2018, após sete anos de trabalho e sete meses de viagem. Outras três sondas chegaram ao planeta em fevereiro deste ano.

A InSight detecta eventos denominados "marsquakes" ("martemoto") e já transmitiu os sons da atividade sísmica. 

O robô Perseverance, enviado pela Nasa, divulgou imagens e áudios gravados no planeta em fevereiro. O robô deve extrair 30 amostras de rochas e terras, que serão enviadas à Terra em 2030. Um dos experimentos deve obter oxigênio da atmosfera marciana, através de um instrumento. 

O objetivo é que os seres humanos, caso viajem a Marte, não tenham que transportar oxigênio da Terra. A Nasa tem planos de uma missão tripulada para o planeta, mas ainda em fase preliminar.


Assuntos Relacionados