Covid-19 mata mais de 20 mil brasileiros em maio; mais que o triplo de abril e março

Pelo 3º dia consecutivo, saldo diário de óbitos ultrapassa 1.000 vítimas, segundo Ministério da Saúde

Legenda: Cruzes são enfileiradas para enterros em massa em cemitério público de Manaus
Foto: Foto: Alex Pazuello/Fotos Públicas

Mais de 20 mil brasileiros morreram oficialmente de Covid-19 no acumulado dos 28 dias de maio, já considerado o pico da doença.  É mais que o triplo do saldo de óbitos registrado em abril e março (5.901). A doença começou a matar no País em março. Nesta quinta-feira, o Ministério da Saúde divulgou mais um saldo diário superior a 1.000 mortos. Com isso, o Brasil se firma como o país com maior número de mortes pelo novo coronavírus em 24 horas, à frente dos EUA.

Nesta quinta-feira, foram 1.156 novas mortes no Brasil. Agora o total de óbitos em maio chega a 20.853. Isso representa um pouco mais de três vezes do registrado em abril (5.700) e março (201). Em maio, a média diária é de 745 falecimentos por dia.

O total de casos soma 438.238 infectados, enquanto o acumulado de mortos chega a 26.754, desde a notificação do primeiro óbito em 17 de março, em São Paulo. Em 24 horas, o País registrou  26.417 novo contágios, acumulando só no mês de maio 347.746 infectados.

O Sudeste abriga 36,9% dos doentes, enquanto o Nordeste, 33,7%. O Centro-Oeste é o menos afetado, com 3,3% dos infectados, seguido pelo Sul, com 4,6%. Já o Norte tem 21,5% dos casos confirmados.

 

 


Categorias Relacionadas