Fortaleza x São Paulo tem 'diplomacia', mas Leão segue sem vencer

Confira a análise desta segunda-feira (9) do colunista Wilton Bezerra

Atletas de Fortaleza e São Paulo disputam bola
Legenda: Fortaleza e São Paulo empataram em 1 a 1 na Arena Castelão
Foto: Kid Júnior / SVM

O reencontro de Rogério Ceni com o Fortaleza e sua torcida, sempre, nos proporciona uma bonita troca de afetos.

Com os jogadores, então, nem se fala. Desta vez, incluindo-se um carinhoso abraço do Ceni em Vojvoda.

Debaixo dessa atmosfera de humanidade, até parece que o empate teve efeitos "diplomáticos" em uma festa de tricolores.

Na fase inicial, o maior controle de jogo por parte do Fortaleza foi reforçada por uma marcação baixa do São Paulo.

O saldo de chances criadas pelo Leão só não chegou a zero porque Romero finalizou mal em uma escassa oportunidade.

Na fase derradeira, depois que Pikachu errou feio uma finalização, o São Paulo marcou, com Luciano.

O Fortaleza foi ameaçado por um marasmo no seu comportamento, somente quebrado pelo golaço de Pikachu.

Diante de um São Paulo recuado, Vojvoda tirou zagueiro (Ceballos), meio-campista (Lucas Lima) e reforçou o ataque, com Depietri e Robson, além de Kaizer, mais cedo, no posto de Silvio Romero.

Apesar de jogar no campo defensivo do São Paulo, todo o esforço se resumiu a uma única finalização de Hércules.

Fortaleza continua sem ganhar no Campeonato Brasileiro.