Prefeitura de Fortaleza quer incentivos tributários para novos hotéis na Praia do Futuro

Secretaria de Turismo tem trabalhado em um projeto de benefícios ficais junto à Secretaria de Desenvolvimento Econômico

praia do futuro
Legenda: Novos investimentos em hotéis na Praia do Futuro poderão receber incentivos fiscais
Foto: Kid Júnior

A Prefeitura de Fortaleza está estudando e elaborando um projeto de incentivos tributários para negócios do setor de hotelaria que quiserem se instalar na Praia do Futuro nos próximos anos.

A iniciativa teria o objetivo de balancear a recente compra de hotéis na Avenida Beira-Mar por construturas privadas que estão projetando novos condomínios de luxo nos locais. 

A informação foi confirmada a esta coluna pelo secretário de turismo de Fortaleza Alexandre Pereira. O projeto estaria sendo modelado entre a Secretaria de Turismo (Setfor) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), ambas da Capital. 

Entre os possíveis benefícios estariam a isenção, por tempo pré-determinado, do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e do Imposto Sobre Serviços (ISS).

Inicialmente, esses incetivos valeriam por 10 anos. Mas a proposta ainda está sendo trabalhada internamente, estando em "estado embrionário". 

"É um projeto que temos discutido inclusive em relação à Praia do Futuro. O mercado é claro, se você tem um hotel na Beira Mar e o terreno vale uma fortuna, e você está com dificuldades no hotel, aí vem uma empresa e paga R$ 150 milhões no terreno, você não vende? O que a gente tem de fazer para fortalecer, em vez de ficar se lamentando, porque o empresário precisa de dinheiro, é ajudar e dar incentivos para quem fizer hotéis, resorts e outras coisas na Praia do Futuro", disse Pereira. 

Apoio público

Segundo o titular da Setfor, a medida seria uma forma do Poder Público de fato incentivar o setor de turismo e hotelaria durante a recuperação da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, que teve efeitos diretos nestes segmentos da economia mundial. 

"O Poder Público tem de encontrar a lógica para ajudar o mercado, não adianta ficar só reclamando. É ruim fechar 3 hotéis na Beira Mar, mas temos de ver a situação do bolso de cada um. Isso está sendo pensado e discutido junto com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico também, que é para impulsionar essa área da Praia do Futuro, que já tem dois hotéis novos que foram inaugurados recentemente. É um setor diferenciado e é um papel nosso incentivar", explicou Pereira.