Projeto de energia solar em Quixeré deve ter 5 subparques e mais de mil hectares

Potência será de 241,48 Megawats, e projeto deverá gerar 915 empregos durante obras

Energia solar
Legenda: O parque deverá contar com a construção de subestação capaz de elevar a tensão de energia gerada de 34,5 quilovolts (kV) para 230 kV.
Foto: Shutterstock

Quixeré, no interior do Ceará, poderá ter um novo investimento para geração de energia solar nos próximos meses.

Na manhã dessa terça-feira (14), a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) realizou a audiência pública para licenciamento do Parque Solar Cerrado, da Enel Green Power, que deverá contar com uma potência de 241,48 Megawats (MW) e ocupar uma área aproximada de 1.102,24 hectares. 

O projeto deverá contar com 5 "subparques" com potência semelhante (48,2976 MW) e uma área praticamente idêntica: UFV Cerrado I (80,34 ha), UFV Cerrado II (81,10 ha), UFV Cerrado III (79,91 ha), UFV Cerrado IV (80,53 ha), e UFV Cerrado V (80,53 ha). 

Além disso, o parque deverá contar com a construção de subestação capaz de elevar a tensão de energia gerada de 34,5 quilovolts (kV) para 230 kV. A partir da nova unidade será construído uma ligação a subestação de Quixeré, propriedade da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf).

Empregos e continuidade do processo

De acordo com o projeto de licenciamento ambiental registrado na Semace, as obras deverão ter duração de 12 meses e deverão gerar 915 empregos.

O parque solar, no entanto, ainda depende da apreciação e aprovação do  Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema) para ter o licenciamento liberado pelo Governo do Estado.