Erro contra o Ferroviário é raríssimo e motivou pedido de anulação na Europa

Em 2016, jogo da Uefa Youth League terminou de forma semelhante, com não validação de gol legal na cobrança de pênaltis

Polêmicas em penalidades de jogos de Ferroviário e Valência
Legenda: Polêmicas em penalidades de jogos de Ferroviário e Valência
Foto: Reprodução

Eu já redigia que o erro cometido pelo trio de arbitragem contra o Ferroviário, na derrota em decisão por pênaltis contra o América/MG, era inédito pelo grau de bizarrice da não validação do gol (claramente a bola entrou) (obviamente a bola entrou).

Mas, no futebol, quase tudo já aconteceu uma vez. E na Europa, mais precisamente em 2016, em uma partida pela fase mata-mata da Uefa Youth League, a Champions da garotada (sub-19), a polêmica se formou de forma semelhante.

Bola na sustentação interna da trave

O Valencia jogava contra o Chelsea, quando a partida foi para as penalidades. Eis que o jogador do clube espanhol acertou o canto do goleiro do time londrino, mas também o ferro de sustentação interno da trave.

Assim como na partida contra o América/MG, o gol não foi validado, gerando muita polêmica. E assim com o Tubarão da Barra, o Valencia perdeu e foi eliminado.

Confira o lance

Reveja o gol não concedido ao Ferroviário

Protesto não deve prosperar

Assim como o Ferroviário, que vai entrar com pedido de impugnação do jogo, o Valencia também entrou com a mesma apelação, mas não teve pedido atendido pela Uefa.

Com o protesto coral, o destino deve ser o mesmo. No entanto, a documentação serve como registro da injustiça cometida contra o clube cearense, que deixou de levar R$ 1,7 milhão.