Time da virada: Ceará se destaca pela maturidade para conseguir reações na Série A

Dois últimos triunfos do Vovô foram conquistados após sair atrás no placar, algo celebrado pelo técnico Guto Ferreira, que elogia força mental da equipe para reverter situação adversa contra o Coritiba

Legenda: Eduardo e Charles comemoram gol da virada contra o Coritiba
Foto: Thiago Gadelha

A vitória do Ceará por 2 a 1 sobre o Coritiba, no último sábado (24), na Arena Castelão, teve como grande marca o poder de reação da equipe para buscar a virada. Esta, por sinal, tem sido uma característica marcante da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro. Mesmo saindo atrás em algumas partidas, o Vovô tem mostrado maturidade para reverter os placares adversos.

O fato, inclusive, foi bastante destacado pelo técnico Guto Ferreira. "A gente jogou quarta-feira (contra o Fortaleza), saímos dizendo que nós fizemos uma grande partida. Fizemos um volume de jogo muito maior que nosso adversário. E quem venceu e foi campeão foram eles. Nosso oponente neste sábado teve a semana inteira de trabalho, tranquilo, se preparou para nos enfrentar. Veio para cá buscando, fez um gol logo de início. Um erro nosso. Mas tivemos força. Foi a sétima partida do ano que a equipe vira", afirmou.

Guto tem razão. Desde que ele chegou, o Alvinegro conseguiu reverter a desvantagem após sair perdendo em sete oportunidades. Contra Bahia (venceu por 3 a 1), Vitória (venceu por 4 x 3), Brusque-SC (venceu por 5 a 1) e, nas partidas mais recentes, o Vovô saiu perdendo contra Fluminense, Goiás, Coritiba e Corinthians.

Ouça o CearáCast sobre o jogo

Powered by RedCircle

Histórico positivo

Nestas últimas, conseguiu reverter o placar para 2 a 1. Contra Flu e Goiás, acabou falhando nos minutos finais e sofreu o empate, mas contra Timão e Coxa segurou o resultado positivo até o fim.

"Mentalmente a equipe estava muito mais forte. Teve a força da virada. Fisicamente sentiu, foi um jogo extremamente cansativo, desgastante. Fizemos o gol no segundo tempo. Era a hora de fechar, segurar. E podemos comemorar ao término. É um grupo que sabe o que quer. Foi na superação. Não se abateu. Foi buscar o resultado, conseguiu", celebrou Guto. O desafio, agora, é ter a mesma entrega e dedicação para obter bom resultado em outra competição. O Vovô vira a chave e volta as atenções para o duelo contra o Santos, às 16 horas desta quarta-feira (28), na Vila Belmiro.

Apesar da grande expectativa da torcida alvinegra pela primeira partida do atacante Felipe Vizeu, o técnico Guto Ferreira fez questão de manter a cautela sobre a possibilidade de utilizar o centroavante. "Nós temos que estar trabalhando, recuperando a condição dele. Ele está vinte e poucos dias sem treinamento. Não são três dias que vão condicioná-lo. É mais fácil você perder ele neste início para ter ele muito mais forte e por muito mais tempo sem correr risco nenhum e podendo nos ajudar de maneira sustentável, sem correr risco nenhum", destacou.

 

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte