Medalhista nas duas últimas Olimpíadas, judoca Rafael Silva estreia em Tóquio nesta quinta-feira

Baby é um dos principais competidores na categoria dos pesos pesados

Legenda: Baby ganhou o bronze na categoria peso pesado em Londres (2012) e no Rio de Janeiro (2016)
Foto: AFP

Uma das principais esperanças de medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o judoca Rafael Silva, o Baby, estreia nesta quinta-feira (29), a partir das 23 horas (horário de Brasília), quando serão iniciadas as lutas da chave dos pesos pesados (+ 100 kg) do judô, na Nippon Budokan.

Baby e as conquistas olímpicas

Ele tem duas medalhas de bronze no currículo, conquistadas em Londres-2012 e Rio-2016, e é o sétimo colocado no ranking mundial da IJF (Federação Internacional de Judô). Com isso, é considerado um dos gigantes da categoria.

Baby iniciará a caminhada por mais uma medalha a partir da segunda rodada. Ele enfrentará o vencedor do duelo entre o azeri Ushangi Kokauri e o polonês Maciej Sarnacki.

Se vencer suas lutas, Rafael vai cruzar com o francês Teddy Riner na semifinal (o francês encara o austríaco Stephan Hegyi na estreia da categoria). Riner é o atual bicampeão olímpico e, sem dúvidas, o judoca a ser batido nos pesos pesados.

O gigante de 2,04m e 140 kg busca um recorde em Tóquio: igualar o japonês Tadahiro Nomura, único tricampeão olímpico da modalidade.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte