Marcelo Chamusca vira favorito para assumir o Fortaleza e deve ser o substituto de Rogério Ceni

O baiano de 54 anos faz ótimo trabalho no Cuiabá e é aprovado pelo elenco

chamusca
Legenda: Chamusca foi campeão cearense pelo Fortaleza em 2015
Foto: Kiko Silva/SVM

Tudo caminha para que o substituto de Rogério Ceni no Fortaleza seja um velho conhecido do torcedor leonino. O Diário do Nordeste apurou que o técnico Marcelo Chamusca, atualmente no Cuiabá, é o nome favorito da vez para assumir o comando do Tricolor no restante da temporada.

O baiano de 54 anos é bem avaliado internamente e ganhou força nas últimas horas, principalmente após as conversas com Tiago Nunes, Roger Machado e Dorival Júnior não avançarem.

As negociações entre as partes estão em andamento, mas o técnico já sinalizou de forma positiva para a possibilidade de retornar ao clube.

É certo que o Fortaleza pretende adotar postura diferente à que o Flamengo teve em relação a Ceni. O time cearense quer respeitar a relação com o Cuiabá, e o interesse deverá ser formalizado ao time do Mato Grosso pela diretoria leonina para que, então, haja avanço nas questões burocráticas. O bom relacionamento do executivo de futebol, Sérgio Papellin, que já trabalhou no time cuiabanista, deverá ser um facilitador para isso.

Portanto, é provável que a negociação se desenrole nesta quarta-feira (11), e o desfecho ocorra somente após a partida do Cuiabá contra o Grêmio, em jogo de ida pelas quartas de final da Copa do Brasil, às 19 horas.

O Fortaleza está em Salvador, concentrado para a importante partida contra o Bahia. Nesta terça-feira (10), houve uma reunião entre os membros da delegação, incluindo os jogadores, e a situação foi exposta de forma transparente. O nome de Marcelo Chamusca é visto como positivo pelo elenco, sobretudo pelo fato de já ter trabalhado com alguns dos principais atletas do grupo.

Critérios
Vários critérios foram levados em consideração para se chegar até o nome de Chamusca. A boa avaliação interna se dá pelo conhecimento que o departamento de futebol já possui da metodologia de trabalho do treinador, que passou pelo clube em 2014 e 2015, conquistando título do Campeonato Cearense.

Chamusca é um treinador jovem, moderno, e capaz de se adequar ao contexto atual do clube, dando continuidade ao trabalho que vinha sendo desempenhado por Rogério Ceni sem necessariamente promover grandes mudanças, como Zé Ricardo fez em 2019, experiência que deu muito errado.

Além disso, é notadamente um profissional de respeito e bom caráter, que conhece bem o ambiente interno do Fortaleza, o que será um facilitador na ambientação, algo crucial dentre a sequência intensa de jogos que o clube enfrentará.

Sem contar que vive um ótimo momento, realizando grande trabalho com o Cuiabá, em campanha história na Copa do Brasil (enfrentará o Grêmio nas quartas de final) e na Série B do Campeonato Brasileiro (ocupa a 3ª colocação).

Tudo isso faz com que o nome de Chamusca seja melhor avaliado que de treinadores medalhões ou outros mais inexperientes, que seriam vistos como apostas.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte