Fortaleza: conheça o Caxias, vice-campeão gaúcho e adversário na 1ª fase da Copa do Brasil

Time foi fundado em 1935 e tem no elenco o volante Juliano, com passagem pelo time cearense

Caxias fez jogos preparatórios para a Copa do Brasil
Legenda: Caxias fez jogos preparatórios para a Copa do Brasil
Foto: Caxias

O Fortaleza enfrenta o Caxias-RS na 1ª fase da Copa do Brasil de 2021. Após duas temporadas iniciando nas oitavas de final, tem pela frente um jogo único, fora de casa e contra o atual vice-campeão gaúcho. A responsabilidade é do time tricolor, por participar da Série A, mas a missão deve ser difícil no início da temporada - o duelo ocorre entre os dias 10 e 17 de março.

Fundado em 1935, o Falcão Grená manda as partidas no estádio Centenário, no Rio Grande do Sul. A gestão priorizou a manutenção dos destaques e segue com 70% do elenco, além de oito contratações anunciadas.

Técnico Rafael Lacerda tem apenas 36 anos e comanda o Caxias
Legenda: Técnico Rafael Lacerda tem apenas 36 anos e comanda o Caxias
Foto: Caxias

As atividades foram iniciadas em 11 de janeiro com foco no Gauchão. O técnico é Rafael Lacerda,  de 36 anos, apontado como revelação dentre os profissionais e há um ano e meio no comando.

“Podemos dizer que a gente se conhece. No ano passado, iniciamos um campeonato como incógnita, porque não tínhamos entrosamento. Esse ano tem essa diferença. A maioria do grupo foi mantida. Creio que a gente pode usar isso como ponto positivo”, analisou o meia Diogo.

Como preparação, o Caxias-RS realizou cinco amistosos. Venceu Grêmio (Sub-20) e Esportivo-RS, e empatou com Aimoré, Novo Hamburgo e Grêmio (Sub-23).

A expectativa para 2021 é melhorar o desempenho nas respectivas competições. Apesar do bom desenho no Estadual, o clube foi eliminado para o Botafogo na primeira fase da última Copa do Brasil após empatar em casa. Na Série D, perdeu nos pênaltis para o Mirassol no mata-mata, justamente o campeão do torneio.

Elenco

Goleiro Marcelo Pitol é um dos jogadores mais conhecidos e mais experientes do grupo do Caxias
Legenda: Goleiro Marcelo Pitol é um dos jogadores mais conhecidos e mais experientes do grupo do Caxias
Foto: Caxias

O time gaúcho utiliza o esquema tático 4-4-2. A escalação padrão é: Pitol; Argenta, Mattis, Thiago Sales e Eduardo Diniz; Juliano, Vidaletti, Carlos Alberto e Diogo Oliveira; Gustavo Ramos e Giovane.

O principal destaque é o arqueiro Marcelo Pitol, de 38 anos. Com muita experiência e passagem pelo Icasa, o atleta é considerado ídolo do Caxias-RS, com atuações anteriores em 2015, 2016 e 2017.

O volante Juliano também é velho conhecido do futebol cearense. O jogador foi revelado pelo Internacional e passou pelo Fortaleza em 2016, somando 34 partidas.

Histórico

O estádio Centenário, no Rio Grande do Sul, é a casa do Caxias
Legenda: O estádio Centenário, no Rio Grande do Sul, é a casa do Caxias
Foto: divulgação

O Caxias-RS está na Série D do Campeonato Brasileiro, mas foi adversário do Fortaleza em dois momentos anteriores, ambos pela 2ª divisão. Em 2002, as equipes empataram em 1 a 1, pela 1ª fase da competição.

O reencontro foi em 2004, dessa vez com vitória cearense por 1 a 0. O detalhe: ambos os confrontos foram na Capital, ou seja, o Leão nunca enfrentou os gaúchos no Rio Grande do Sul.

O Centenário foi fundado em 1951, na época sob o nome de Baixada Rubra. Foi reformado e ampliado em 1976, mudando de nome para Francisco Stedile - então presidente e hoje patrono do clube. O nome ‘Centenário’ é apelido em lembrança aos 100 anos da imigração italiana.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte