Fifa divulga ranking de seleções masculinas com Brasil na 2ª posição; confira Top-10

A campeã mundial França perdeu posições após as Eliminatórias da Copa na Europa

Neymar comemora gol pela Seleção Brasileira
Legenda: O atacante Neymar, do Paris Satint-Germain (PSG), é o principal astro do futebol brasileiro
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

As últimas rodadas das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 mexeram no ranking da Fifa, que teve uma atualização divulgada nesta quinta-feira (16). Atual campeã mundial, a França saiu do Top-3, dando lugar para a Inglaterra. A Bélgica segue em primeiro lugar, enquanto o Brasil manteve o segundo lugar.

A diferença que separa os dois primeiros colocados da lista caiu depois da Data Fifa. Na última passada do ranking, os brasileiros estavam 24,6 pontos atrás dos belgas. Agora, essa desvantagem caiu para 20,6. Isso aconteceu mesmo com a Bélgica vencendo todos os compromissos - contra Estônia, República Checa e Belarus pelas Eliminatórias Europeias.

O Brasil só teve dois resultados contabilizados (triunfos sobre Chile e Peru) porque o clássico contra a Argentina foi interrompido por determinação da Anvisa e o futuro ainda depende de uma decisão da Fifa. A principal novidade está no 3º lugar. A Inglaterra aproveitou os tropeços da França (empates com Bósnia-Herzegovina e Ucrânia) para tomar o lugar dos campeões mundiais.

Mudança no ranking

O ranking existe desde 1992 e é usado, entre outras coisas, para definir os cabeças de chave dos grupos da Copa do Mundo. Ele passou por uma transformação de formato em 2018, depois do Mundial na Rússia, quando adotou sistema de pontuação similar ao das classificações de xadrez.

Confira o top-10 do ranking de seleções da Fifa:

  1. Bélgica - 1.832,33 pontos
  2. Brasil - 1.811,73 pontos
  3. Inglaterra - 1.755,44 pontos
  4. França - 1.754,31 pontos
  5. Itália - 1.735,73 pontos
  6. Argentina - 1.725,31 pontos
  7. Portugal - 1.674,90 pontos
  8. Espanha - 1.673,68 pontos
  9. México - 1.666,19 pontos
  10. Dinamarca - 1.658,49 pontos
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte