Com Santos na final, Ceará aumenta chances de classificação para Taça Libertadores

O Peixe venceu o Boca Juniors por 3 a 0, nesta quarta-feira (13), e chegou na final contra o Palmeiras

Legenda: Ex-Ceará, Marinho partiu de um dos gols da vitória do Santos contra o Boca Juniors
Foto: Ivan Storti | Santos

A classificação do Santos para a final da Taça Libertadores, nesta quarta-feira (13), ampliou as chances do Ceará firmar vaga para a mesma competição em 2021. O Peixe bateu o Boca Juniors, da Argentina, por 3 a 0 na Vila Belmiro, e está na decisão do principal torneio do continente.

A conclusão é tida através da Série A do Campeonato Brasileiro: como os finalistas da Liberta são Santos e Palmeiras, ambos brasileiros, o país passa a ter mais uma chave para o maior evento das Américas.

Isso porque o campeão será do Brasil - e o título o classifica diretamente para a próxima Libertadores. Assim, o G-7 da tabela de classificação, ou seja, os sete primeiros times do Brasileirão que teriam vaga no torneio, se transformam em G-8.

O cenário só será confirmado se Santos ou Palmeiras ficarem entre os oito melhores da competição. Ocupando a faixa de classificação e a com presença já confirmada na Libertadores, a vaga fica com uma nova equipe. Caso contrário, o sistema se mantém em G-7.

Situação do Ceará

Como o Vovô está em 9º colocado na tabela, com 39 pontos, precisa ficar uma posição a mais ao término do Brasileirão para ser o primeiro time cearense a participar da Libertadores. E se o sonho máximo apresenta mais possibilidades, as oportunidades na Copa Sul-Americana também crescem.

Com uma vaga cedida para a Libertadores, a segunda principal competição passa a classificar as equipes brasileiras que ficarem do 9º ao 14º no torneio nacional. Vale ressaltar que restam nove rodadas na 1ª divisão. O Alvinegro tem pela frente: Bragantino (C), Goiás (F), Palmeiras (C), Athletico/PR (C), Corinthians (F), São Paulo (C), Fluminense (C), Coritiba (F) e Botafogo (C).

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte