Com cearense Ana Cláudia Lemos, revezamento 4x100m feminino do Brasil é eliminado

Quarteto brasileiro formado pela cearense Ana Claudia Lemos, e as companheiras Bruna Farias, Vitória Rosa e Rosângela Santos. faz sua melhor marca, mas ficou fora

Legenda: Ana Cláudia Lemos representou o Ceará nos Jogos Olímpicos de Tóquio
Foto: Wagner Carmo/CBAt

O time feminino do Brasil no revezamento 4x100m foi eliminado das Olimpíadas de Tóquio. Na noite desta quarta-feira no Brasil, a equipe brasileira ficou em 11º lugar geral e fora da decisão. O quarteto brasileiro formado pela cearense Ana Claudia Lemos, e as companheiras Bruna Farias, Vitória Rosa e Rosângela Santos. faz sua melhor marca, de 43s15, terminando em 5º na sua série mas não foi suficiente para avançar.

A cearense Ana Cláudia Lemos avaliou a participação da equipe.

O objetivo é sempre fazer um resultado melhor. A gente fez 43.15, a última vez que a gente foi para 42 foi no mundial de 2017. A gente sabe que precisa melhorar individualmente, mas de qualquer forma a gente conseguiu uma marca que não vinha fazendo nos últimos três anos.
Ana Cláudia Lemos
atleta cearense do revezamento 4x100 feminino

Avançaram

A vitória na série foi da Alemanha, 42s00, Suíça em segundo com 42s05 e, em terceiro, a China com 42s82. As três primeiras colocadas avançaram para a decisão, que ainda terá os três primeiros da outra bateria, além dos dois melhores tempos além dos seis classificados.

O 4x100m feminino do Brasil foi bronze nas Olimpíadas de Pequim 2008, em Londres 2012 ficou em sétimo lugar, a na Rio 2016 acabou parando na semifinal.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte