Jogadores do Ceará protestam e discordam do próprio clube em postagem sobre projeto de lei

O PL está na pauta da Câmara dos Deputados desta quarta-feira (6)

Print post do Ceará e atletas alvinegros
Legenda: Clube se posicionou a favor do PL que está na pauta da Câmara dos Deputados
Foto: Divulgação/Instagram

O Ceará postou em suas redes sociais e posteriormente apagou uma nota de apoio ao projeto de lei 1153/19 que está em pauta, nesta quarta-feira (6), na Câmara dos Deputados. Em contrapartida à postagem, jogadores do clube reagiram negativamente ao post.

O projeto em questão revisa a Lei Pelé em alguns pontos que tocam na estrutura dos clubes, mas também em direitos trabalhistas dos atletas. A proposta na Câmara dos Deputados tem como relator o deputado federal Felipe Carreras (PSB-PE), que foi marcado nas postagens dos atletas.

POSICIONAMENTO DO CEARÁ

Na postagem em suas contas oficiais nas redes sociais, o Ceará apoiou o PL em votação: "Nós apoiamos. Projeto de Lei 1153/2019. O Ceará Sporting Club apoia o aperfeiçoamento e modernização da legislação desportiva nacional por meio da relatoria do Dep. Felipe Carreras do projeto de lei 1153/2019", destaca.

Ao final do texto na imagem, o post afirma: "A proposta não retira nenhum direito trabalhista", finaliza o informativo na imagem. A legenda complementa e reitera o posicionamento do Alvinegro de Porangabuçu.

RESPOSTAS DOS ATLETAS

A publicação gerou reação de alguns jogadores do Vozão. Nos comentários do post no Instagram, atletas como Jael, Luiz Otávio, Lima, Zé Roberto, Richard, Iury Castilho e Vina postaram "#NãoApoiamos".

A imagem retrata o posicionamento dos atletas contra PL 1153/2019
Legenda: Vina, Zé Roberto, Richard e Lima foram alguns atletas que reagiram ao post do club
Foto: Reprodução/Instagram

Em complemento aos comentários no post, Vina e outros atletas usaram dos seus stories para repercutir pedido de veto ao parlamentar pernambucano. Na postagem, tem o questionamento: "Mudar a lei sem nos ouvir? Não! Precisamos ser ouvidos. Nós atletas de futebol dizemos não ao PL 18/25/2022, que retira nossos direitos trabalhistas".

ENTENDA A PROPOSTA DO PL 1153/19

A proposta tramita no Plenário da Câmara dos Deputados após requerimento do Senado. Segundo o relator do projeto, Felipe Carreras (PSB-PE) a ideia é regulamentar profissões ligadas à práticas esportivas. Além disso, a proposta altera o valor assegurado no uso de imagem dos atletas, por exemplo.

O texto do PL determina que “o valor correspondente ao uso da imagem não poderá ultrapassar 40% (quarenta por cento) da remuneração total paga ao atleta, composta pela soma do salário e dos valores pagos pelo direito ao uso da imagem”, destaca.

Outros clubes publicaram apoio à proposta, são os casos de Atlético (MG) e Athletico (PR).

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados