Adversário do Fortaleza, Juventude vem embalado e também encara partida como "jogo da vida"

Enquanto o Fortaleza pretende garantir a vaga na Libertadores, o time gaúcho tenta se afastar da zona de rebaixamento

Jogadores do Juventude aplaudem torcida
Legenda: Juventude vem em evolução com Jair Ventura
Foto: Fernando Alves/EC Juventude

O Fortaleza encara a partida contra o Juventude, nesta sexta-feira (3), como uma verdadeira 'final'. Em jogo, nada menos que vaga na Pré-Libertadores e, também, a possibilidade de garantir a classificação diretamente para a fase de grupos no domingo (5). Porém, para a parada não deverá ser nada fácil, tendo em vista que o time gaúcho vem embalado e também encara a partida como decisão.

Nos últimos oito jogos, o Juventude venceu quatro, empatou três e perdeu apenas um, para o líder e virtual campeão Atlético-MG, no Mineirão. O recorte de partidas recentes engloba o período sob comando do técnico Jair Ventura, que tem feito a equipe crescer de rendimento e se afastar da zona de rebaixamento.

Foram sete gols marcados (média de quase um por jogo) e quatro sofridos (média de um gol tomado a cada dois jogos).

O principal destaque da equipe é o centroavante Ricardo Bueno, que já marcou sete gols na Série A e lidera a artilharia do time na competição.

Clima de decisão

Com a recente vitória sobre o Bragantino, o time gaúcho chegou aos 43 pontos e saltou para a 14ª colocação, abrindo três pontos de vantagem sobre o Bahia, que está em 17º e é o primeiro time dentro do Z-4.

Porém, somente a vitória contra o Fortaleza será capaz de fazer o Ju chegar aos 46 pontos e garantir a pontuação necessária para assegurar matematicamente a permanência, e por isso a equipe gaúcha também precisa do resultado positivo.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte