Adversário do Ceará, América-MG vem em ascensão e tem a 3ª melhor campanha no 2º turno da Série A

Coelho vem em ascensão no 2º turno do Brasileirão e é concorrente direto do Ceará por vaga na Libertadores

Marquinhos Santos comandando treino do América-MG
Legenda: Marquinhos Santos é o técnico do América-MG
Foto: Marina Almeida / América

O Ceará terá uma "final antecipada" no Campeonato Brasileiro. O jogo considerado o mais importante do ano, contra o América-MG, no domingo (5), será determinante na luta por uma vaga na Taça Libertadores de 2023. Os dois times estão colados na tabela e quem vencer abrirá três pontos de vantagem com uma única rodada restante para o fim da competição. E a promessa é de um adversário complicado para o Alvinegro.

Além da própria situação de tabela, que já indica a boa campanha do Coelho, o time mineiro é o dono da 3ª melhor campanha no 2º turno do Brasileirão. Em 17 jogos, conquistou 30 pontos, com oito vitórias, seis empates e apenas três derrotas, com 15 gols marcados, nove sofridos e aproveitamento de 58,8% dos pontos disputados.

Na metade final do Brasileirão, fica atrás apenas de Atlético-MG (36 pontos) e Flamengo (34 pontos).

O principal destaque do time americano é o jovem e habilidoso atacante Ademir, que já tem 11 gols marcados na Série A e é o artilheiro da equipe na competição.

Confronto direto

Assim como o Vovô, o América, comandado pelo técnico Marquinhos Santos, depende apenas de si para garantir a classificação na principal competição do continente. Se sair vencedor no confronto direto, o Coelho dará um grande passo para este objetivo. Por isso, encara a partida como uma grande decisão.

Como visitante, o América fez 18 jogos, com quatro vitórias, sete empates e sete derrotas, totalizando 19 gols marcados e 26 sofridos.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte