Beyoncé no Grammy Awards 2021: mulher mais premiada da história, com 28 estatuetas

O evento ressalta os melhores artistas da música com suas gravações, composições e performances do ano

Beyoncé no Grammy Awards 2021
Legenda: Beyoncé no Grammy Awards 2021
Foto: Divulgação

A 63° edição do Grammy Awards, realizada em Los Angeles, EUA, foi dominado por mulheres. Beyoncé se tornou a mulher com mais estatuetas do Grammy e quatro dos principais prêmios da noite foram entregues à artistas femininas: Taylor Swift, Billie Eilish, H.E.R. e Megan Thee Stallion. 

Queen B, como é carinhosamente chamada pelos fãs, recebeu nove indicações, o maior número da edição e levou quatro prêmios: de melhor performance R&B, melhor clipe, melhor música de rap e melhor performance de rap. A recordista da edição chamou a noite de “mágica”.  

Agora, são 28 prêmios alcançados ao longo da carreira. No entanto, a rainha está em segundo lugar no ranking geral, só perde (por enquanto) para o maestro George Solti, falecido em 1997 e vencedor de 31 estatuetas. 

Sua filha, Blue Ivy, ganhou seu primeiro Grammy aos nove anos, justamente a idade em que sua mãe começou na carreira.  

"Estou trabalhando a vida inteira desde os nove anos de idade. Nem acredito que isso está acontecendo, essa noite é mágica. Eu sei que meus filhos estão me assistindo. Blue, parabéns, você ganhou o Grammy. Estou muito orgulhosa de você, é uma honra ser a mãe de todos vocês", ressalta a rainha Beyoncé. 

Vidas Negras Importam 

A música “Black Parade”, que consagrou Beyoncé com seu 28° Grammy, foi lançada no dia 19 de junho do ano passado, em meio ao movimento antirracista Black Lives Matter. A data batizada como “Juneteenth” ou “Dia da Liberdade” marca o fim da escravidão dos EUA e luta por igualdades raciais e sociais.  

A música faz referências à cultura africana e o seu faturamento foi destinado ao fundo BeyGOOD, organização que apoia empreendimentos administrados por pessoas negras. 

"Como artista, eu acredito que faz parte do meu trabalho refletir a nossa época, e a nossa época tem sido muito difícil. Eu queria animar, incentivar e comemorar os reis e rainhas negros e negras que continuam a me inspirar e a inspirar o mundo", declara Beyoncé durante o recebimento da estatueta. 

And the Grammy goes to... 

Taylor Swift também consagrou-se como a primeira artista mulher a receber o prêmio de “álbum do ano” por três vezes, este ano com "Folklore". A artista se apresentou no palco do Grammy cantando três músicas: “Cardigan”, “August” e “Willow”. 

O prêmio de melhor gravação foi para Billie Eilish com "Everything I Wanted. Já a cantora H.E.R ganhou a “música do ano” com "I can't breathe", música inspirada nos protestos ocorridos ano passado e que cita as últimas palavras de George Floyd, afro-americano morto por policiais.  

Megan Thee Stallion recebeu a estatueta de artista revelação. Dua Lipa com seis indicações, ganhou o de “melhor álbum vocal pop” com “Future Nostagia”. A cantora fez uma bela apresentação, cantando “Levitating” e “Don’t Start Now”. 

Beyoncé e Megan Thee Stallion Grammy 2021
Legenda: Beyoncé e Megan Thee Stallion Grammy 2021
Foto: Divulgação