Hulk Brasileiro vivia isolado e tinha pouco contato com vizinhos: 'sempre na dele'

Influenciador morto no dia 26 de julho ficou conhecido pelo alto volume de músculos

hulk brasileiro
Legenda: Influenciador aplicava óleo para aumentar massa magra
Foto: Reprodução

Embora tivesse 1,6 milhão de seguidores no Tik Tok, onde acumulava mais de 19 milhões de curtidas nas publicações, o homem conhecido como Hulk Brasileiro era uma pessoa isolada e de pouca comunicação fora das redes sociais.

Valdir Segato morreu no último dia 26 julho, data em que completava 55 anos. O influenciador passou mal em casa e foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. 

Ao G1, o vizinho do fisiculturista, Jadson da Conceição, o descreveu como uma pessoa reservada, diferente do perfil que mantinha em suas contas na internet. 

"Sempre era na dele. Ficava na frente da casa, fazendo live, Tik Tok, falava com o pessoal [seguidores], mas não conversava muito com as pessoas [vizinhos]. Eu conversava com ele porque não fazia muitas perguntas para ele", disse ao G1.

Falta de ar

O homem ficou conhecido internacionalmente por injetar nos músculos o óleo mineral Synthol, o que é contraindicado por médicos. Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, há seis anos, Segato alegou que já havia recebido a orientação de parar o uso do produto, mas seguiu porque tinha o sonho de aumentar o bíceps até os 68 cm de diâmetro.

A causa morte de Segato ainda não foi informada. No entanto, outro vizinho conta ao portal que o influenciador reclamou de falta de ar e pediu ajuda. "Ele veio se arrastando pela casa dos fundos e veio para frente. Aí bateu na janela da minha mãe, bateu, bateu, aí ela acordou e ele 'me socorre, me socorre que eu estou morrendo'", contou Moisés da Conceição, irmão de Jadson. 

Essa não teria sido a primeira vez que o homem precisou de atendimento hospitalar. Em outras três ocasiões, Hulk foi internado como falta de ar, respiração ofegante e dificuldade para falar. 

 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o Brasil