Trump anuncia suspensão do financiamento dos EUA à OMS

Desde a semana passada, o presidente americano ameaçava suspender o repasse de recursos para Organização, a qual os EUA acusam de favorecer a China durante a pandemia

Legenda: Os EUA são os principais financiadores da OMS
Foto: Foto: Alex Wong/ Getty Images North America via AFP

O presidente americano Donald Trump anunciou, nesta terça-feira (14), a suspensão da contribuição dos Estados Unidos à Organização Mundial da Saúde (OMS), denunciando a "má gestão" da entidade na pandemia do novo coronavírus.

"Hoje, determino a suspensão do financiamento da Organização Mundial da Saúde enquanto se realiza um estudo para examinar o papel da OMS na má gestão e no encobrimento da pandemia do coronavírus", disse Trump durante coletiva de imprensa.

Desde a semana passada, o presidente americano ameçava suspender o repasse de recursos para Organização. Os EUA são os principais financiadores da OMS e reclamavam que conselhos da organização favoreciam a China.

A China enfrenta críticas em Washington, principalmente dos republicanos, sobre a maneira como lidou com a pandemia, e Trump expressou dúvidas sobre a precisão das estatísticas chinesas para casos e mortes. 

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo