Ao completar três anos no poder, Zelensky promete fim da guerra na Ucrânia 'na diplomacia'

Tropas russas continuam avançando pelo país

Volodymyr Zelensky
Foto: Reprodução/G1

Em entrevista de uma hora na televisão ucraniana, o presidente da Ucrânia afirmou que as pessoas do seu país não começaram a guerra com a Rússia. “Nós não começamos esta guerra, mas temos que terminá-la", disse Volodymyr Zelensky

O mandatário completou três anos no comando do país neste sábado (21) e prometeu acabar com a guerra de forma pacífica. 

“A vitória será sangrenta na batalha, mas o fim será na diplomacia. Queremos tudo de volta. A Rússia não quer entregar nada”, destacou.

Neste sábado, a guerra completou 87 dias. Tropas russas continuam avançando pelo país. A Ucrânia foi invadida em 24 de fevereiro.

Conflito

Rússia e Ucrânia vivem um embate por causa da possível adesão ucraniana à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), entidade militar liderada pelos Estados Unidos.

Na prática, Moscou vê essa possibilidade como uma ameaça à sua segurança. Sob essa alegação, invadiu o país liderado por Zelensky.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo