Bravura e sofrimento na vitória do Vozão

Legenda: Fernando Sobral comemora o pênalti convertido
Foto: Thiago Gadelha

Um triunfo heroico para devolver ao Ceará a esperança e a confiança em dias melhores. Ganhar do Corinthians já era difícil. Imaginem tendo o Ceará um jogador a menos desde os 16' do segundo tempo. Pois foi assim. O Ceará muito melhor no primeiro tempo, tomou um gol quando dominava. Infelicidade de Prass no gol de Natel (0 x 1). A infelicidade mudou de lado e fez Gil assinalar contra (1 x 1). Destaque para Léo Chu que com empenho e velocidade criou embaraços ao Corinthians. Sobral desperdiçou ótima chance. Na fase final, a agonia começou quando Eduardo, numa imprudência inaceitável, deu desnecessária cotovelada em Natel. Vermelho. Aí o Ceará passou a tomar sufoco e sofrimento. Corinthians fez entrar Jô, Cazares e Roni e foi para frente. Guto fez entrar Kelvin, Leandro Carvalho e Lima. E foi para trás. Tentativa em contra-ataque, se desse. O Vozão fechado, se segurando como podia, mas com brio, com luta. Aos 42', Cássio, numa lambança, comete pênalti em Kelvin. Fernando Sobral converte (Ceará, 2 x 1). Dramática e justa vitória do Ceará.

>Veja tudo sobre a vitória do Ceará

O passe

Sou admirador dos que aprimoram a qualidade do passe de longa distância. Aos 24' do primeiro tempo, Juninho do Fortaleza, do setor direito de seu próprio campo, fez um lançamento para Osvaldo que corrida na ponta-esquerda. Perfeito passe. Osvaldo recebeu ao lado da área do Coritiba. Cruzou. Wellington Paulista mandou no travessão. Passe à moda Gerson ou Didi.

Resultado

O empate do Fortaleza fora de casa foi bom, mas poderia ter sido melhor. O Leão fez um primeiro tempo primoroso. Colocou na roda o Coritiba. Osvaldo teve atuação brilhante. Velocidade e drible deixaram o lateral-direito Jonathan atordoado. Na fase final, Jonathan mandou uma bola na trave do Leão. Um tempo para cada. Placar justo.

Copa do Brasil

Agora o Fortaleza vai entrar no desgaste de disputa de dois certames paralelos. Estreia quarta-feira, no Castelão, diante do São Paulo pela Copa do Brasil. A propósito, na segunda rodada da Série A, o Leão encarou o São Paulo no Morumbi. Perdeu (1 x 0), gol de Daniel Alves. Placar injusto. O Fortaleza foi muito melhor na fase final. E ainda teve anulado um gol de Juninho.

Leia mais