“Não tenho obsessão pelo poder”, diz Izolda Cela sobre possibilidade de ser candidata à reeleição

A governadora prestigiou a entrega da Medalha Boticário Ferreira, na Câmara Municipal de Fortaleza, ao deputado estadual Evandro Leitão; cúpula do PDT não compareceu à homenagem

Governadora Izolda Cela
Legenda: Governadora Izolda Cela
Foto: Thiago Gadelha

Em meio ao fogo cruzado entre aliados de PT e PDT, a governadora Izolda Cela (PDT)  voltou a falar sobre a possibilidade de ser candidata ao Governo do Ceará. Ela disse “não há obsessão pelo poder” e que segue focada no trabalho como governadora do Estado.

Izolda prestigiou a entrega da Medalha Boticário Ferreira, maior comenda da Câmara Municipal de Fortaleza, na noite desta segunda-feira (16), na Capital. O homenageado foi o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, o deputado estadual Evandro Leitão (PDT). A cúpula do PDT, por sinal, não compareceu ao ato.

O objetivo maior, segundo ela, é o exercício do mandato que está em andamento até o dia 31 de dezembro. Izolda apenas reforçou o que já tem dito sobre as discussões eleitorais que, disse, devem ficar para o momento apropriado. 

“Não tenho obsessão pelo poder. O trabalho pelos cearenses é o mais importante e ele continua”
Izolda Cela (PDT)
Governadora do Ceará

Mais cedo, em viagem ao Interior, Izolda reconheceu que alguns membros do grupo governista estão mais exaltados no debate político, mas que as diferenças devem ficar de lado. “Eu penso que o que devemos destacar é o que nos une”, disse. 

Crise entre as legendas

No último sábado, a crise entre os dois maiores partidos que dão sustentação ao governo dela na Assembleia teve nova escalada após entrevista do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. O pedetista sinalizou apoio ao ex-prefeito Roberto Cláudio (PDT) na disputa interna da sigla e chegou a gerar dúvidas sobre a possiblidade de Izolda se viabilizar como candidata em três meses. 

"A minha amiga Izolda, que é uma mulher muito preparada, não é muito conhecida. Será que ela consegue em 3 meses ter esse conhecimento antes da convenção para se tornar favorita? Não sei. Acho pouco provável", declarou Lupi.

Pouco depois, Camilo Santana (PT) usou as redes sociais para enaltecer o trabalho de Izolda, a quem chamou de “nossa governadora”.

"Izolda ajudou a construir nosso Governo. Enfrentou todas as crises comigo. Teve papel determinante nos avanços. É merecidamente nossa governadora", rebateu Camilo Santana.