Oferta de voos domésticos no Ceará cresce 12% na alta estação de julho, projeta Abear

Legenda: Aeroportos do Ceará terão incremento de voos na alta estação
Foto: Renato Bezerra

A oferta de voos domésticos para o estado do Ceará, durante as férias escolares de julho, terá um aumento superior a 12% em relação à igual período do ano passado, segundo levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), com dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

O levantamento considera os principais aeroportos do Estado: Fortaleza, Juazeiro do Norte e Jericoacoara. 

Veja também

A Abear concentra quase 70% da fatia do mercado doméstico do Brasil e possui como associados as empresas Abaeté, Boeing, Gol, Gollog, Latam, Latam Cargo, Rima, Sideral e Voepass.

O resultado do Ceará é superior ao desempenho da Região Nordeste como um todo, que terá aumento de 10,62% na quantidade de voos domésticos em julho de 2024, em comparação com igual mês de 2023.

O resultado corrobora a informação que demos em abril sobre o incremento de assentos para a alta estação do meio do ano.

Com números atualizados, serão 2.201 decolagens de voos comerciais de passageiros em julho de 2024, contra 1.927 voos em julho de 2023. 

Conforme comentamos, especificamente, julho será o 1º mês de 2024 que deverá ter crescimento de passageiros ao ano passado.

Em entrevista exclusiva à coluna, a presidente da Abear, Jurema Monteiro, disse que as companhias aéreas avaliam com otimismo o segundo semestre de 2024.

“O ano de 2023 foi de forte retomada de passageiros (em relação ao pré-pandemia) e vemos que 2024 poderá ser ainda melhor. O setor (aviação comercial) ganhou de novo previsibilidade, temos um cenário otimista para o 2º semestre. O turismo provoca o aumento de vários serviços. Toda a cadeia, induzida (por milhares de visitantes)”, comentou a presidente.

Voos para o Nordeste

Perguntei à Jurema Monteiro se o incremento de voos ao Nordeste tem relação com o grande incentivo e divulgação recente que companhias aéreas têm dado, por exemplo, às festas juninas.

“Não existe case de sucesso sem promoção. O tempo tem mostrado que festas juninas do Nordeste são atrativos para brasileiros e estrangeiros. A promoção ajuda a levar o destino para o imaginário da população e ajuda o turismo. Trabalho da imprensa ajuda a formar isso: o desejo de viajar”.

Jurema Monteiro afirmou que houve 16% de incremento em voos para destinos com o tradicional São João na região Nordeste: como Campina Grande e Caruaru.

Praia e Sol

Sabemos que a principal motivação do turismo no Nordeste são as tradicionais e belas praias, dunas, sol e afins. 

Pergunto a Jurema Monteiro se é possível ver uma diversificação de atrações para a região Nordeste: “Vejo que há esforço dos destinos em variar mais que sol e praia. O segmento de luxo, por exemplo, referência do Nordeste, eles vêm atraindo muitos turistas”.

Contribua deixando sua pergunta ou sugerindo um tema de sua preferência, comentando ou enviando mensagem para o meu Instagram: @igorpires.aviacao

*Este texto reflete, exclusivamente, a opinião do autor.



Assuntos Relacionados