Ceará tem 40% de chances de terminar no G-8 da Série A; Sul-Americana está "encaminhada"

Já o Fortaleza aposta tudo em 3 partidas que tem na Arena Castelão (Coritiba, Vasco e Bahia) para escapar do Z-4

Vina se firmou como titular absoluto do Ceará comandado por Guto Ferreira
Legenda: Vina se firmou como principal jogador do Ceará comandado por Guto Ferreira
Foto: Camila Lima / SVM

A 32ª rodada chegou ao fim e, além disso, alguns jogos atrasados foram realizados. A partir de agora, para a maioria dos clubes, faltam apenas 6 jogos (veja jogos e projeções abaixo) para edição 2020 da primeira divisão.

O cenário é o melhor possível para o Ceará. Os resultados (dele próprio e dos rivais) ajudaram, e o time entrou de vez na briga pelo G-8 (há de se torcer pelo Palmeiras na Libertadores e na Copa do Brasil para que o G-8 se configure de fato). O Vozão enfrenta em casa Athletico/PR, Fluminense e Botafogo. Fora, pega Corinthians, São Paulo e Coritiba. Se vencer 4 destes jogos, as chances de G-8 são muito grandes. Para Sul-Americana, mais 3 pontos praticamente garantem a classificação.

Enderson Moreira está afastado do Fortaleza em virtude de Covid-19
Legenda: Enderson Moreira está afastado do Fortaleza em virtude de Covid-19
Foto: José Leomar

O Fortaleza está na primeira posição acima do Z-4, mas com vantagem de 3 pontos. O time Tricolor aposta tudo em 3 partidas que tem na Arena Castelão (Coritiba, Vasco e Bahia). Se garantir, pelo menos, 9 pontos nos 6 jogos que tem pela frente, há grandes possibilidades de manutenção. Equipe enfrenta ainda Atlético/MG, Palmeiras e Fluminense fora de casa.

Probabilidades de Ceará e Fortaleza

Ceará:
Chance de G-8: 40,3%
Chance de Sul-Americana: 94,1%
Chance de rebaixamento: 0%

Fortaleza:
Chance de G-8: Quase 0%
Chance de Sul-Americana (caso 14º se classifique): 45,1%
Chance de rebaixamento: 10,8%

Fonte: Chance de Gol

Projeções da coluna

Ceará e Fortaleza na Série A 2020
Infogram