Análise: Ceará deslancha após primeiro gol contra Sampaio Corrêa

Vovô vence por 3 a 0 e garante vaga na semifinal da Copa do Nordeste neste domingo (18)

Elenco do Ceará se abraça em comemoração
Legenda: O Ceará venceu o Sampaio Corrêa por 3 a 0 na Arena Castelão
Foto: Fabiane de Paula / SVM

Foram três gols em sete minutos. Do adversário atordoado, um Ceará intenso e eficiente. O cenário permeia a vitória contra o Sampaio Corrêa neste domingo (18), com vaga assegurada na semifinal da Copa do Nordeste para o atual campeão. Reflexo também de um time paciente e proativo pela qualidade.

Ouça o podcast 'CearáCast'

Powered by RedCircle

Desde a definição do time titular, com poucas mudanças na escalação, o time de Guto Ferreira aprendeu a se impor contra um nível técnico menor. O fato não desrespeita o adversário, mas assume a responsabilidade ao que deve exercer superioridade: são quatro vitórias, 12 gols e nenhum sofrido.

Últimos jogos do Ceará na Copa do Nordeste:

  • 31.03 - Ceará 2x0 CSA, no Castelão | Copa do Nordeste
  • 03.04 - Sport 0x4 Ceará, na Ilha do Retiro | Copa do Nordeste
  • 10.04 - Ceará 3x0 Salgueiro, no Castelão | Copa do Nordeste
  • 18.04 - Ceará 3x0 Sampaio Corrêa | Copa do Nordeste

A crescente na temporada é fruto da maturação do elenco, do entrosamento e da qualidade individual. O processo é o mesmo em campo, quando há controle mental para manter a postura e o padrão tático até o adversário ceder ao alto ritmo proposto pela equipe allvinegra.

A sensação se consolidou quando a primeira bola entrou, na persistência de Pacheco aos 26 do 2º tempo. Os outros dois, de Vizeu (29) e Saulo (33), foram repertórios características de contra-ataque, pressão na saída de bola e objetividade no passe. O time de Guto sabe jogar das duas formas.

#Fechado com Vina

Vina é o principal destaque do Ceará na temporada
Legenda: Vina foi o principal destaque do Ceará na temporada 2020
Foto: Raul Pereira / Foto Arena / Estadão Conteúdo

Dos pontos altos, Vina ainda destoa do melhor nível. Contra o Sampaio, perdeu novo pênalti na competição - o primeiro foi contra o Botafogo-PB. Elemento que não representa uma atuação ruim, na verdade, foi muito participativo e criou oportunidades aos companheiros - até teve chance de finalização.

Em analogia com o próprio clube, o meia talvez precise de uma bola para alavancar. Na Seleção do Brasileirão de 2020, com renovação até 2024, é o astro do elenco e tem qualidade para se manter como o principal protagonista da temporada.

Diante disso, a torcida criou a campanha “Fechado com Vina” nas redes sociais. É um abraço virtual. Acolher faz parte e o gesto é nobre e positivo para quem tanto ajudou o clube em 2020.

Solidez defensiva

Luiz Otávio e Messias realizam gesto de capitão com a mão no rosto
Legenda: Luiz Otávio e Messias formam a dupla de zagueiros titular do Ceará
Foto: Stephan Eilert / Ceará

A última análise em questão precisa ser a defesa. Em si, a solidez da atual dupla de zagueiros formada por Luiz Otávio e Messias. Desde que estão juntos, o Vovô não foi vazado.

A perspectiva é além dos números, cresce na tranquilidade. Há uma maior organização coletiva, a equipe está melhor postada, o que alavanca o desempenho individual, mesmo com extrema qualidade técnica de ambos.

Assim, o Ceará cria desde o sistema defensivo. Messias faz lançamentos precisos, Luiz Otávio inicia pelo meio-campo e o repertório aumenta. Em momentos chaves, quando o Sampaio poderia levar perigo, os zagueiros intercediam. A vitória atravessa e os resultados recentes atravessam o setor.