Vacina contra Covid-19 pode estar disponível em outubro, diz Trump

Presidente dos EUA garante que imunizante terá segurança e eficácia

Legenda: Donald Trump aposta em disponibilidade de vacina antes da eleição de 3 de novembro
Foto: AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira, que a produção de uma vacina contra o novo coronavírus acontece em "tempo recorde" e que a profilaxia pode estar disponível em outubro.

>Pressão de Trump por vacina  preocupa laboratórios
>Covid-19: saiba tudo sobre as principais vacinas

Trump usou a coletiva para afirmar que seu rival, o candidato democrata à Presidência e ex-vice-presidente Joe Biden, deveria "se desculpar pela sua falsa retórica anti-vacina." Ele afirmou que o país se recupera rapidamente do coronavírus.

"Teremos em breve essa incrível vacina, com velocidade nunca vista antes", disse Trump. "A vacina será muito segura, muito efetiva, e as pessoas do mundo estarão felizes e voltaremos à prosperidade sem precedentes", afirmou.

China

Trump, afirmou hoje ainda que dissociar as economias dos Estados Unidos e da China não traria prejuízos. "Estamos pensando nisso, não haveria perdas", afirmou, em pronunciamento nesta segunda-feira (7) em comemoração ao feriado do Dia do Trabalho. O mandatário, contudo, não deixou claro o que quis dizer exatamente, nem como esse processo aconteceria na prática.

Sobre o impasse entre democratas e republicanos no Congresso em torno de um novo pacote fiscal, considerado fundamental para os EUA seguirem no enfrentamento à crise econômica trazida pela Covid-19, Trump afirmou que a oposição não quer um acordo sobre o tema.

"Para eles, quanto pior o país estiver, melhor", afirmou em referência à corrida eleitoral. "Joe Biden e Barack Obama espionaram minha campanha em 2016. Vamos ver como será este ano" disparou.

Quero receber conteúdos exclusivos sobre o mundo