Ronaldo explica saída de goleiro Fábio do Cruzeiro: "todo o sacrifício foi feito"

O ex-jogador e agora empresário é dono de 90% das ações da SAF do time mineiro

Fábio em ação pelo Cruzeiro
Legenda: O contrato de Fábio no Cruzeiro foi encerrado em dezembro de 2021
Foto: divulgação / Cruzeiro

O ex-jogador e empresário Ronaldo "Fenômeno" participou da primeira coletiva de imprensa no Cruzeiro nesta terça-feira (11). Dentre os temas abordados, o atual dono de 90% das ações da Sociedade Anônima do Futebol (SAF) comentou sobre a saída de Fábio, goleiro e ídolo do time mineiro.

Dentre as discordâncias entre as partes na negociação, o clube havia oferecido uma despedida ao atleta ao fim do Campeonato Mineiro, mas o jogador queria um contrato até o fim do ano.

"Nós fizemos um esforço muito grande para apresentar uma proposta decente, respeitando a sua trajetória no clube. Infelizmente, durante a negociação, houve uma negativa por parte dele, o que nos pegou de surpresa, mas entendemos que todo o sacrifício foi feito e precisamos virar a página", afirmou.

Com 41 anos, Fábio é o atleta que mais vezes atuou com a camisa do Cruzeiro, somando 976 jogos. A chegada ao clube foi em 2005, se tornando referência técnica e participando de conquistas como o bicampeonato do Brasileirão (2013 e 2014) e da Copa do Brasil (2017 e 2018).

Na despedida, o arqueiro deixou uma mensagem nas redes sociais e escreveu 'Gratidão e Dor' na publicação. O clube prestou homenagem através de publicações, mas não realizou jogo de despedida junto ao goleiro, o que causou revolta da torcida.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados