Final do Campeonato Cearense será duelo à parte de Ceni x Guto

Técnicos de Fortaleza e Ceará se enfrentam na Arena Castelão no quinto confronto entre os comandantes. Até o momento, duas vitórias para cada. O jogo vai ser amanhã, às 21h30, com transmissão da TV Verdes Mares

Legenda: Rogério Ceni tenta o bicampeonato estadual, enquanto Guto quer o segundo título em 2020
Foto: Thiago Gadelha / SVM

O Campeonato Cearense de 2020 será decidido nesta quarta-feira (21) com o Clássico-Rei, às 21h30, na Arena Castelão, com transmissão da TV Verdes Mares. A final histórica promete equilíbrio entre Fortaleza e Ceará pelo contexto: ambos na elite nacional, com classificações intermediárias e modelos de jogo definidos. O detalhe é o trabalho de Guto Ferreira e Rogério Ceni. Em quatro duelos entre os treinadores no futebol cearense, duas vitórias para cada, ou seja, não houve empate.

Ouça o podcast 'CearáCast'

Powered by RedCircle

Os técnicos conseguiram tornar Leão e Vovô competitivos e têm pela frente um tira-teima para o decorrer da temporada. No retrospecto, o Alvinegro foi superado por 2 a 1 na fase de grupos do Estadual e depois conquistou duas vitórias consecutivas: pela Copa do Nordeste (1x0) e Série A do Campeonato Brasileiro (1x0).

Ouça o podcast 'FortalezaCast'

Powered by RedCircle

A vantagem foi perdida justamente no confronto de ida da finalíssima. Em 30 de outubro, saiu atrás, brigou pelo empate, mas foi vazado no 2º tempo em triunfo leonino por 2 a 1. O placar interfere no próximo duelo, quando o Fortaleza fica com a taça mesmo com revés por um gol de diferença.

Legenda: Guto Ferreira quer desempatar o duelo e conquistar o título amanhã
Foto: THIAGO GADELHA

Assim, o embate entre Guto e Ceni promete emoção no que será o 6º confronto entre os clubes no ano. O cálculo requer a inclusão de um duelo em fevereiro, pelas chaves do Nordestão, quando houve empate em 1 a 1 e o Ceará tinha Argel Fucks à beira do gramado.

Técnicos valorizados

Com períodos de trabalho distintos, as comissões técnicas de Ceará e Fortaleza conseguiram impor um conceito tático padrão, com variações e propostas organizadas. O destaque é tamanho - principalmente por defenderem equipes com menor potencial de investimento - que Guto Ferreira e Rogério Ceni foram até cotados para assumir o Palmeiras com a demissão de Luxemburgo. O prestígio alvinegro é ascendido com o título da Copa do Nordeste. Sem ser campeão em 2019, o comandante conseguiu o feito regional de modo invicto com apenas 22 dias de trabalho. O tempo curto existiu devido à pandemia de Covid-19 e a necessidade de contato virtual com o elenco.

São detalhes de um Vovô se reforçando no mercado e de formação definida no 4-2-3-1. Apesar da iminente disputa da Série A e as oitavas da Copa do Brasil, o objetivo é ser campeão mais uma vez.

Do lado tricolor, o desafio é administrar melhor o fôlego do plantel após entrar em campo na última semana - fator que não ocorreu com o adversário. E Ceni até fez história contra o Palmeiras ao se tornar o 2º técnico com mais partidas no Leão, no entanto, ainda não ampliou a galeria de troféus em 2020.

A disputa então é pela primeira taça; no momento, a mais próxima, tendo em vista a dificuldade dos demais torneios. Com 10 partidas de invencibilidade, o comandante criou até uma variação do 4-2-4, com atletas de marcação e força no posto dos velocistas. Apesar do cenário, aposta em equilíbrio e um jogo movimentado no Castelão.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte