Ex-Ceará, lateral João Lucas cobra Cruzeiro na Justiça por assédio moral e dívidas

O atleta alegou que não recebeu café da manhã em parte da passagem pela Raposa

João Lucas em ação pelo Cruzeiro
Legenda: João Lucas teve passagem de pouco destaque pelo Cruzeiro em 2020
Foto: Gustavo Aleixo / Cruzeiro

O lateral João Lucas, ex-Ceará, entrou com uma ação na Justiça do Trabalho contra o Cruzeiro. Segundo o ge, o atleta pede mais de R$ 530 mil por conta de verbas trabalhistas atrasadas, assédio e dano moral. O jogador deixou o Vovô em 2019 e se transferiu para a Raposa na sequência.

Na reclamação formal, o defensor de 30 anos alegou ter sido afastado do grupo principal na reta final da última temporada, sem receber sequer o café da manhã no clube. Com o vínculo encerrado, se transferiu para o Avaí, onde soma 33 jogos e um gol, se firmando como um titular na Série B.

Das dívidas pendentes com o time celeste, João Lucas aceitou o pagamento de 24 parcelas, com cerca de R$ 250 mil em cada, mas nunca recebeu o montante. Pelo Cruzeiro, somou 15 partidas.

Cobrança de João Lucas ao Cruzeiro:

  • R$ 36.948,17 (repactuação de débitos e multa de 2%)
  • R$ 6.502 (FGTS)
  • R$ 208.080 (direitos de imagem e multa de 2%)
  • R$ 5.610,85 (multa do artigo 467 da CLT)
  • R$ 51.000 (multa do artigo 477 da CLT)
  • R$ 153.000 (assédio moral)
  • R$ 69.171,15 (honorários)
Quero receber conteúdos exclusivos de esporte