Dimas Filgueiras será homenageado com mosaico pela torcida do Ceará; veja detalhes

A ação será realizada nesta quarta-feira (12), em jogo da Copa Sul-Americana

Rosto de Dimas Filgueiras em cadeiras da Arena Castelão
Legenda: Dimas Filgueiras será homenageado com um mosaico na Arena Castelão
Foto: divulgação / Vai Rolar a Festa

A presença de Dimas Filgueiras, o “Soldado Alvinegro”, é eterna no coração da torcida do Ceará. Com 46 anos dedicados ao clube, o ídolo receberá uma homenagem na Arena Castelão nesta quarta-feira (12), em mosaico montado para o jogo com o Arsenal de Sarandí-ARG, às 19h15, na Copa Sul-Americana. A ação ocorre um dia antes do aniversário de 77 anos, comemorado no dia 13 de maio.

O projeto é realizado pelo grupo Vai Rolar a Festa, formado por torcedores. A montagem do material foi iniciada nesta segunda (10) e ocorre respeitando as diretrizes impostas pela Conmebol, como necessidade de preparar tudo em horários comerciais até terça (11).

Legenda: Dimas recebeu a vacina da Oxford/AstraZeneca
Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Na arquibancada, o mosaico ficará posicionado em uma ala central da Arena Castelão. Serão projetadas duas imagens de Dimas: uma do início da passagem pelo clube e outra de momento de comemoração. Os escudos do Ceará e do Rio Branco, agremiação que participou da origem alvinegra, também serão exibidos.

"A gente tinha esse plano desde 2018, era uma das grandes vontades. Conversamos com a filha dele, recebemos apoio da família, então estamos colocando em prática. É um projeto que estávamos devendo, temos isso como uma dívida ao torcedor e uma ação de retribuição ao Dimas”.
Marlon Ramos
Um dos organizadores do Vai Rolar a Festa

Com mais de 600 jogos pelo Ceará, como jogador e técnico, Dimas foi diagnosticado com Alzheimer e combate à doença também através das memórias com a camisa alvinegra. Marlon ressaltou que o objetivo do mosaico é reforçar a necessidade de cuidado com os ídolos.

“Nós queremos abrir a mente dos torcedores. Que a gente venha a ter mais cuidado com o próximo, que venha aproveitar mais o dia de hoje, a nossa família, e saber viver os momentos, com novos ídolos aparecendo, mas sempre respeitando os nomes do passado”, declarou.

Legenda: Dimas Filgueiras fez história no Ceará como jogador e treinador
Foto: Foto: Divulgação/Cearasc.com

Como forma de investimento, os custos da homenagem foram retirados do caixa do projeto Vai Rolar a Festa e de torcedores que apoiam o projeto. A iniciativa contou ainda com patrocinadores.  

Carreira de Dimas

Dimas é natural do Rio de Janeiro e atuou pelo Botafogo antes de vir para o futebol cearense. A chegada ao Vovô ocorreu em 1972. A partir daí, construiu uma história ímpar.

Ao longo de sua extensa trajetória pelo clube, Dimas defendeu o Alvinegro em 647 partidas oficiais, contabilizando esses números como jogador e treinador. Como atleta, Dimas entrou em campo 133 vezes, com 67 vitórias, 32 empates e 34 derrotas, tendo marcado 2 gols com a camisa alvinegra. À época, como lateral, conquistou o bicampeonato estadual em 1975 e 1976.

O Ceará homenageou Dimas no aniversário de 76 anos:

Mas foi fora das quatro linhas que Dimas representou o Vovô em mais partidas. À beira do campo, como treinador, comandou o Ceará em 514 jogos, vencendo 250 partidas, empatando 156 e perdendo 108. Como técnico, Dimas foi campeão cearense nos anos de 1989, 1996 e 2002, além de fazer parte das campanhas nos títulos de 1990, 1992, 1993, 1998, 1999, 2011, 2012 e 2013.

Era ele também o treinador do time na campanha histórica do Ceará na Copa do Brasil em 1994, a melhor participação do clube na competição, quando conquistou o segundo lugar naquela temporada após perder para o Grêmio, em decisão bastante questionada por erro grave do árbitro Oscar Roberto Godói, que não assinalou pênalti claro em Sérgio Alves e ainda expulsou o atacante alvinegro, influenciando diretamente no resultado da partida.

 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte