Corinthians rescinde com Danilo Avelar após comentário racista; entenda o caso

O lateral tinha contrato até o fim de 2022

Danilo Avelar em ação pelo Corinthians
Legenda: Danilo Avelar teve contrato rescindido pelo Corinthians após ofensa racista em game virtual
Foto: Rodrigo Coca / Corinthians

O lateral esquerdo Danilo Avelar não faz mais parte do elenco do Corinthians. A informação foi divulgada pelo clube paulista em nota oficial, em decorrência do episódio em que o jogador, durante uma partida de eSports, teve comportamento racista.

O fato ocorreu na noite desta terça-feira (22), quando o atleta de 32 anos postou a frase "filho de uma rapariga preta" para um rival durante uma partida do game Counter Strike: Global Offensive (CS:GO). Além de ofensas raciais, Avelar foi misógino ao demonstrar desprezo por mulheres.

O episódio tomou proporções nas redes sociais, com pedidos da torcida para a saída de Avelar. O contrato era até o fim de 2022 e tinha multa de R$ 7 milhões em caso de encerramento antecipado do vínculo.

Pedido de desculpas

Antes da rescisão anunciada, Avelar se mostrou arrependido pela injúria racial e reconheceu o erro. No Twitter, Avelar publicou uma mensagem revelando que a ação ocorreu após ser ofendido por um estrangeiro. Confira a nota completa abaixo:

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados