Conor McGregor responde desafio de Charles do Bronx e provoca: "estou invicto contra brasileiros"

Lutador irlandês respondeu ao comentário em publicação em rede social

Luta
Legenda: Brasileiro desafiou irlandês após vencer luta neste sábado (7)
Foto: Reprodução

O lutador brasileiro Charles Oliveira, conhecido como Charles do Bronx, desafiou o campeão irlandês, Conor McGregor, para um confronto após vencer uma luta neste sábado (7). A provocação motivou resposta de McGregor, que disse: "amaria lutar com o brasileiro" e ainda provocou "estou invicto". 

Charles venceu a luta contra o norte americano Justin Gaethje num rendimento considerado excelente. Em entrevista após o combate, ele foi questionado sobre quem merecia estar com ele na próxima luta. As informações são da ESPN.

"Hey, Dana White, eu não quero saber o nome, quando ou onde vai ser. Você falou que eu podia escolher, né? Conor McGregor, você vai vir ou vai correr?", respondeu.

O irlandês comentou o assunto em perfil no Twitter logo após a provocação de Charles do Bronx.

"Não tenho certeza se quero cortar o peso. Estou realmente gostando de estar parecendo uma geladeira. Eu sinto que quero lutar neste peso só para depois poder ver. Mas eu amaria lutar com o brasileiro, 100%! Eu amo o Brasil e estou invicto contra eles. Só nocautes. Tenho que pensar", publicou.

McGregor venceu Diego Brandão por nocaute técnico ainda no primeiro round, em 2014. No ano seguinte, ganhou de José Aldo com nocaute em apenas 13 segundos de luta, considerado o mais rápido de uma disputa de cinturão em todos os tempos.

Polêmica

O UFC 274 aconteceu neste sábado (6), em Phoenix, nos Estados Unidos, e foi marcado por polêmicas com um episódio inédito: a perda do cinturão dos pesos-leves do brasileiro Charles do Bronx, que não atingiu o peso permitido em sua categoria: 70,3kg.

Na pesagem oficial na sexta-feira (6), ele ficou 200g acima do limite e perdeu o título que defendia.

Mesmo assim, o brasileiro não tomou conhecimento de Justin Gaethje e o finalizou ainda no primeiro round. Agora ele terá a chance de recuperar o título, que ficou vago por conta da punição do peso. 

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados