Com boas atuações, Saulo Mineiro e Pedro Naressi se credenciam por titularidade no Ceará

Os dois jogadores foram destaques na goleada sobre o Vasco e se mostram opções interessantes ao técnico Guto Ferreira. Com número de jogos bem menor que os principais titulares, ambos têm o aspecto físico como trunfo

Legenda: Pedro Naressi fez uma grande partida pelo Ceará contra o Vasco
Foto: Fausto Filho / Cearasc

A histórica goleada do Ceará por 4 a 1 sobre o Vasco, na última segunda-feira (30), garantiu vários aspectos positivos ao Alvinegro. Vitória sobre um concorrente direto, que fez o time respirar na tabela e garantiu aumento de confiança. Além disso, o técnico Guto Ferreira viu dois jogadores que não são titulares se destacarem e, consequentemente, se credenciarem na briga por posição na equipe principal.

O volante Pedro Naressi e o atacante Saulo Mineiro foram dois dos principais jogadores do Vovô na partida. O meio-campista marcou o primeiro gol, logo aos quatro minutos, abrindo caminho para a goleada, enquanto o atacante saiu do banco de reservas aos 23 minutos do 2º tempo e mudou a história do jogo, no momento em que estava 2 a 1 e o Vasco ensaiava reação.

Saulo marcou o terceiro gol, que garantiu tranquilidade ao Ceará, e ainda sofreu o pênalti que Vina converteu e decretou o placar final.

Mas a boa atuação de ambos não passa somente pela influencia direta nos gols marcados pela equipe. Na ausência de Charles e Fernando Sobral, dois titulares absolutos e que garantem muita intensidade na marcação, Naressi manteve o nível do meio de campo, assegurando solidez defensiva e boa sustentação na marcação. Além disso, contribuiu também para que houvesse fluidez no meio de campo, saindo para o jogo e com bom aproveitamento nos passes (acertou 15 de 18 tentados).

Já Saulo, que entrou no lugar de Cléber, mostrou muita velocidade e objetividade. Nas bolas que recebeu, partiu para cima dos adversários e levou vantagem em vários duelos 1x1. Com capacidade de atuar tanto como centroavante como também de extremo, aberto pelos lados do campo, o jovem atacante, de 23 anos, se credencia a brigar por uma vaga no ataque, sobretudo pelo fato que Felipe Vizeu está lesionado e Cléber. O desempenho dos dois jogadores agradou bastante o técnico Guto Ferreira.

"O Saulo entrou muito bem. Fez o seu gol e conseguiu o pênalti que nos deu o quarto gol. O Pedro encaixou muito bem na equipe. Acho que quem entrou conseguiu dar conta do recado e fazer com que as baixas, que eram expressivas, não fossem tão sentidas", destacou o comandante alvinegro.

Vantagem física

Um aspecto que se mostra um trunfo a favor dos dois jogadores é a questão física. Pedro Naressi atuou em seis partidas pelo Ceará neste ano, enquanto Saulo realizou o quarto jogo pelo clube. A minutagem de ambos é muito inferior de outros jogadores que já acarretam uma longa sequência de jogos neste ano e com isso eles chegam à reta final da temporada mais "inteiros".

O impacto da questão física tem sido notório. Com vários jogos em um curto espaço de tempo, o Ceará estava sendo muito impactado. Fernando Sobral é o exemplo de um jogador que caiu de intensidade pelo desgaste, e Charles ficou de fora da partida por conta de um trauma no pé direito, mas também já vem apresentando desgaste.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte

Assuntos Relacionados