Ceará busca empate contra o Altos-PI nos acréscimos e se mantém no G-4 do Grupo A do Nordestão

Vozão encontrou muitas dificuldades, mas conseguiu a igualdade em 1 a 1

Legenda: Erick Pulga deixou tudo igual no último lance do jogo.
Foto: Kid Júnior / SVM

Na tarde deste domingo (11), o Ceará recebeu o Altos-PI, na Arena Castelão, pela segunda rodada da fase de grupos do Nordestão, e buscou o empate por 1 a 1 já nos acréscimos do segundo tempo. O time piauiense saiu na frente com o atacante Matheus, enquanto Erick Pulga, aos 54 da etapa final, deixou tudo igual no marcador. 

Com o resultado, o Vozão cai para a quarta posição do Grupo A, com quatro pontos ganhos em dois jogos. Enquanto isso, o Jacaré chega ao quinto lugar do Grupo B, com dois pontos em duas rodadas.

PRÓXIMA RODADA

Na próxima rodada, o Ceará encara o Náutico, líder do Grupo B, na quarta-feira de cinzas (14), às 21h30, no Estádio dos Aflitos, em Recife. 

Já o Altos-PI vai encarar o Maranhão, também na quarta (14), às 19h, no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina.

O JOGO

Empolgado pelas boas atuações e goleadas conquistadas nas últimas partidas, o Ceará entrou em campo como amplo favorito diante do Altos. Porém, o jogo não se desenrolou como os alvinegros esperavam. 

Logo aos quatro minutos, o time piauiense mostrou que não tinha ido ao Castelão para brincadeira. Em um rápido contra-ataque pela esquerda, Rhuann cruzou rasteiro e Matheus finalizou forte, obrigando Fernando Miguel a fazer uma boa defesa e evitar o primeiro gol da partida.

Nos lances seguintes, o Vovô teve duas oportunidades para inaugurar o placar. Aos 11, Facundo Castro recebeu lançamento na ponta direita e cruzou para Erick Pulga. O camisa 16 finalizou de primeira, mas o zagueiro Ricardo apareceu para fazer o corte antes que a bola fosse pro gol.

Ceará
Legenda: Primeiro tempo foi de muita disputa no meio de campo.
Foto: Kid Júnior / SVM

Sete minutos depois, foi a vez do goleiro Careca fazer sua primeira defesa, quando Raí Ramos arremessou o lateral direto na grande área e Recalde desviou de cabeça para Erick Pulga finalizar de primeira e obrigar o camisa 1 do Altos a espalmar para afastar o perigo.

O Altos não se intimidou e novamente levou perigo ao gol defendido por Fernando Miguel. Aos 24, Hudson desarmou Recalde, avançou na intermediária e soltou uma bomba de fora da área. A bola passou perto da trave direita do goleiro alvinegro.

No entanto, após a parada para hidratação aos 27, o jogo perdeu muito em emoção e as duas equipes pouco conseguiram produzir até o fim da etapa inicial.

VOZÃO BUSCA EMPATE NA RAÇA

Na volta para o segundo tempo, o Altos voltou amplamente melhor que o Alvinegro de Porangabuçu, que nada conseguia produzir e via o adversário empilhar chances.

Aos 10, Arthurzinho apareceu no lado esquerdo e bateu firme para a defesa de Fernando Miguel. Quatro minutos depois foi a vez de Marcelinho quase marcar em um chute de fora da área.

Porém, na terceira chance seguida, o time piauiense não desperdiçou. Aos 17, em um rápido contra-ataque, Marcelinho recebeu na ponta direita e tocou para Matheus que limpou o marcador e finalizou cruzado da entrada da área para, merecidamente, abrir o placar na Arena Castelão.

A dificuldade para o Vovô estava escancarada. O treinador Vágner Mancini buscou alternativas com as entradas de Janderson, Paulo Victor e Saulo Mineiro. Este último, inclusive, teve a chance de igualar o marcador logo em sua primeira participação aos 31 minutos da etapa complementar, quando, em rápida triangulação, saiu na cara do goleiro Careca que fez uma grande defesa e impediu o empate do Alvinegro.

Na reta final do jogo, o Altos adotou uma postura reativa para explorar os contra-ataques. A medida parecia dar certo, já que o Ceará não conseguia oferecer perigo. No entanto, nos acréscimos, o jogo tomou outro rumo.

Aos 53, Richardson mandou uma bomba de fora da área e Careca defendeu em dois tempos. Depois da defesa, o goleiro deu um chutão e Dhonata, que havia entrado no segundo tempo, subiu com o cotovelo aberto e acertou o zagueiro Lucas Ribeiro. O meia foi expulso imediatamente. 

Erick Pulga
Legenda: Erick Pulga deixou tudo igual no último lance do jogo.
Foto: Kid Júnior / SVM

No lance seguinte à expulsão, Raí Ramos alçou a bola na grande área e Richardson carimbou a trave de Careca. Na sobra, Erick Pulga apareceu livre para finalizar pro fundo das redes e empatar o jogo aos 54 minutos.

VEJA COMO FOI NA VERDINHA

VEJA COMO FOI O TEMPO REAL