Ceará solicita efeito suspensivo ao STJD para ter Mendoza, Gabriel Dias e Jael no Clássico-Rei

Clube aguarda decisão do STJD para saber se poderá contar com os jogadores

Jogadores de Ceará e Bahia se desentendendo
Legenda: Jogadores de Ceará e Bahia se desentenderam ao término do jogo na Arena Castelão
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Nesta terça-feira (8), o Ceará apresentou ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) pedido de efeito suspensivo para poder contar com os jogadores Steven Mendoza, Gabriel Dias e Jael no Clássico-Rei válido pela Copa do Brasil, nesta quinta-feira (10). O clube aguarda a decisão do STJD para saber se terá ou não os jogadores à disposição para a partida decisiva diante do Fortaleza.

A ação do departamento jurídico do Alvinegro ocorre quase uma semana após o julgamento realizado na última quarta-feira (2), em que os atletas receberam suspensões por briga na final da Copa do Nordeste.

Caso o efeito suspensivo seja concedido, os jogadores terão as penas suspensas até que seja realizado um novo julgamento pelo Pleno do Tribunal. Embora não haja prazo estipulado para resposta, a expectativa do Departamento Jurídico do Vovô é que haja sinalização antes da partida.

Mendoza realizando finalização de pênalti
Legenda: Mendoza foi um dos jogadores suspensos após confusão generalizada na Copa do Nordeste. Ele está liberado para jogar, mas segue no DM
Foto: Thiago Gadelha / SVM

Speed Mendoza foi o que pegou pena mais pesada: oito jogos de suspensão (já cumpriu quatro). Jael foi apenado com sete partidas e Gabriel Dias com seis (cada um já cumpriu um jogo).

O Ceará agora aguarda uma resposta do Tribunal. Caso o trio não possa atuar, amplia ainda mais a lista de desfalques do técnico Guto Ferreira, que já não pode contar com o zagueiro Messias (já jogou na Copa do Brasil pelo América-MG) e ainda deverá ter as ausências do zagueiro Luiz Otávio e do meia Lima, ambos ainda se recuperando de lesão.

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte