Brasil vence Japão e enfrenta Marrocos nas quartas de final da Copa do Mundo de Futsal

O duelo contra o Marrocos acontece no domingo (26), às 10h (horário de Brasília), na Vilnius Arena. O vencedor do confronto enfrenta o vencedor de Rússia x Argentina na semifinal

Legenda: Brasil segue invicto na Copa do Mundo de Futsal. São quatro vitórias em quatro partidas, além de 20 gols marcados e apenas três sofridos
Foto: Thais Magalhães/CBF

O Brasil está nas quartas de final da Copa do Mundo de Futsal. Nesta quinta-feira (23) a equipe de Marquinhos Xavier venceu o Japão, por 4 a 2, e avançou à próxima fase do mundial. Ferrão, Leozinho, Pito e Gadeia marcaram para os brasileiros, enquanto Hoshi e Nishitani descontou para os japoneses.

A seleção brasileira busca o hexacampeonato da Copa do Mundo de Futsal. A última conquista do Brasil aconteceu há nove anos, em 2012, após vencer a Espanha na final.

O duelo contra o Marrocos acontece no domingo (26), às 10h (horário de Brasília), na Vilnius Arena. O vencedor do confronto enfrenta o vencedor de Rússia x Argentina na semifinal.

O jogo

A equipe de Marquinhos Xavier iniciou o confronto agredindo os japoneses. Ferrão e Dyego tiveram oportunidades para abrir o placar, mas foram travados pelo goleiro Pires e pela defesa japonesa.

Apesar do ímpeto brasileiro, quem abriu o marcador foi o Japão. Aos 4 minutos, Hoshi finalizou para o gol e Guitta falhou. Antes, Shimizu, duas vezes, tinha finalizado contra a meta brasileira.

O resultado favorável aos japoneses não durou muito. Após falhar no gol japonês, Guitta encontrou Ferrão no meio de dois marcadores. O camisa 11 do Brasil girou e finalizou para no ângulo do goleiro Pires.

A desatenção brasileira, porém, seguiu durante a etapa inicial. O Brasil encontrava dificuldades para trabalhar a bola, girar, enquanto os japoneses subiam a marcação e pressionavam os brasileiros no campo de defesa. Por duas vezes, o Japão quase conseguiu roubar a bola no campo defensivo da equipe de Marquinhos Xavier.

Legenda: Ferrão anotou o gol de empate do Brasil contra o Japão no 1° tempo
Foto: Thais Magalhães/CBF

Os japoneses sentiram o desgaste da partida, enquanto a seleção brasileira seguia castigando. A troca de passes melhorou e a criação do Brasil evoluiu. Entretanto, o ataque brasileiro parava na excelente atuação do goleiro Pires.

A insistência brasileira deu resultado, após Marquinhos Xavier chamar Leozinho para o jogo. O ala bagunçava a defesa japonesa, mas pecava nas finalizações. No entanto, aos 11 minutos, após ser lançado no ataque, o camisa 8 fintou o goleiro Pires e virou para o Brasil.

Nos minutos finais, o Japão tomou o controle da posse para si, enquanto o Brasil se defendia, esperando os erros do ataque japonês para definir o resultado. E o quando o erro aconteceu, Pito ampliou o placar, ao driblar o goleiro Pires e empurrar para o gol.

Em desvantagem na partida, o Japão adotou o goleiro-linha e contava com cinco jogadores no campo de defesa brasileiro. A pressão gerou resultado. Nishitani finalizou de fora da área e acertou o canto de Guitta, sem chances para o arqueiro brasileiro. O gol, no entanto, não foi suficiente para evitar a derrota e eliminação dos japoneses.

Restando poucos segundos para o encerramento da partida, Gadeia aproveitou o contra-ataque e finalizou para o gol, anotando o 4° do Brasil na partida, garantindo a classificação da seleção às quartas de final.

Legenda: Leozinho marcou o gol da virada do Brasil contra o Japão
Foto: Thais Magalhães/CBF

Quero receber conteúdos exclusivos de esporte